A final que ninguém imaginava ocorreu. Team One e paiN Gaming se enfrentaram neste sábado (2) disputando a final do CBLOL 2017. De um lado, uma equipe que acabou de subir do Circuito Desafiante. Do outro, a equipe de maior torcida do país após um split onde ninguém mais acreditava no potencial do elenco.

Jogadores se encaram no palco após a abertura. Foto: Riot Games

MatsuGOD

Após uma falha de 4LaN em um gank no level 3 em cima de Kami, a paiN tem uma pequena vantagem no início de jogo. O ponto mais fraco da paiN, foi de fato, consertado com o péssimo gank do jungler da Team One. Mesmo assim, a equipe de 4LaN conseguia pressionar mais na bot lane e ia ganhando vantagens de mapa ao pouco.

Jogando melhor o macrogame, a Team One ficou com vantagens nítidas na partida. A paiN, buscava as lutas em grupo sempre que podia.

paiN durante a abertura. Foto: Riot Games

O jogo chegou em um ponto crítico e o brilho mecânico de Matsukaze e Loop reinou. A dupla venceu a última team fight e a paiN saiu com o 1-0.

Sivir vs Mundo

A Team One foi esperta e baniu todos os “hypercarries” possíveis para Matsukaze, obrigando o jogador a pickar Sivir. Como resposta, Vvvert escolheu Dr. Mundo, para “zonear” a Sivir durante as lutas.

A composição da paiN já havia decretado o que ocorreria na partida e o resultado deste jogo. A Team One utilizou a vantagem do Draft e realizava sempre boas lutas. Com apenas uma Sivir como fonte de Dano, matar o Dr Mundo era impossível. Tentar eliminar Brucer ou Absolut com uma Janna do lado também era algo impossível para Matsukaze. Tudo igual. 1-1.

Vvvert neles!!!

Nesta partida, a paiN respondeu melhor no Draft e escolheu a Jinx nas primeiras rotações. A equipe ainda guardou o lastpick para Loop, e respondeu com a escolha de Lux suporte.

Team One entrando no palco. Foto: Riot Games

Durante o jogo, a paiN conseguiu empurrar rapidamente a torre da bot lane, mesmo assim, Vvvert tomou uma postura agressiva com seu Trundle e passeou para cima de Mylon. Após solar o top laner no 1v1, o top da T1 colocou pressão e simplesmente confundia a movimentação da paiN.

A paiN estava perdida pelo mapa. Após vencer uma luta, a equipe tentou realizar o Barão, mas o smite errado de Tay deixou tudo fácil para 4LaN realizar o Roubo e a partida ficou nas mãos dos Golden Boys. 2-1 Team One.

Jogo 4

Mais um pick surpresa por parte da paiN. Jogo de vida ou morte para a equipe e Kami escolheu Vel’Koz como o seu pick da mid lane. Outra grande mudança deste Draft foi o banimento da Tristana de Absolut que vinha fazendo sucesso desde o início da série.

O jogo já começa de uma maneira desastrosa para a paiN. Mylon é pego na selva no nível 1 e após utilizar o Flash de forma errada, é pego e morre.

A Team One vai construindo vantagem em cima de Mylon sempre que pode. O Vel’Koz de Kami não conseguia se encaixar na partida até que aos 15 minutos, o mid laner aparece:

A vantagem continuava sempre nas mãos da Team One. Os Golden Boys se movimentavam melhor pelo mapa, sempre conseguiam torres e ganhavam vantagens com as ondas de minions. A paiN, buscava desesperadamente boas lutas e após um bom engage de Tay em cima de Brucer, o time conseguiu 5 abates e apenas Kami caaiu por parte da paiN.

Com o buff do Barão aos 36 minutos, a Team One empurra as rotas e coloca pressão nos inibidores da paiN Gaming.

A Team One vence e vai para o Mundial!!!