A final da LCS 2019 aconteceu neste sábado (13) e pelo terceiro split seguido a Team Liquid conquistou o título da competição. A equipe jogou contra a Team SoloMid e venceu a série por 3-2, onde além do título, representará a região no MSI 2019.

A Team Liquid chegava como grande favorita para a disputa e conseguiu fazer valer a torcida. Na fase regular da competição terminaram na primeira colocação com 14 vitórias e apenas quatro derrotas. A TSM também teve uma boa fase regular e terminou com 13 vitórias e cinco derrotas, ocupando a terceira colocação.

Já ouviu aquela frase de “o feitiço virou contra o feiticeiro?”, ela resume bem a série da grande final. A TSM chegava de uma vitória em cima da Cloud9 por 3-2, onde começaram perdendo por 2-0 e conseguiram a virada. Na grande final, a equipe abriu 2-0 em cima da Liquid, mas viu o título escorregar de suas mãos após também sofrer o reverse sweep.

O título marca a continuação da era Liquid na América do Norte, mas mais que isso, também coloca Yiliang “Doublelift” Peng  como o maior campeão da região, com seis títulos, ultrapassando Søren “Bjergsen” Bjerg que acumula 5 troféus. Além disso, também é o primeiro título da carreira do mid laner Nicolaj “Jensen” Jensen.

Agora a Team Liquid tem como próxima competição o MSI 2019, que começará no dia 1 de maio. Em sua última participação no torneio, a equipe acabou saindo ainda na fase de grupos, finalizando na quinta colocação.

Você pode conferir os replays da série, melhores momentos e até match history na nossa cobertura completa da LCS 2019.