Uma das melhores séries que já acontece no Mundial. As duas equipes favoritas à vencer o campeonato se enfrentaram nas semifinais. ROX e SKT também foram os times que atuaram na final da Season 5!

A SKT buscava o tricampeonato, já a ROX vem em busca de vingança.

1° Jogo – Shockwave!

A primeira partida veio para mostrar porque essa série seria tão emocionante. A SKT conseguiu administrar pequenas vantagens durante o early game. Mesmo sem conseguir nenhum abate, a SKT vinha conquistando vantagens de ouro pelo mapa e logo depois capitalizou esta vantagem em um belíssimo dive no bot.

Com a vantagem, a SKT administrava a partida. Porém, a ROX havia conseguido já 2 dragões infernais, e a SKT sabia que isso poderia ser um problema em um possível late game. Em uma belíssima call, a ROX mostrou que é um dos melhores times do mundo, garantiu um Barão rapidamente sem perder nenhum jogador. O jogo foi totalmente congelado, a ROX conquista seu terceiro dragão infernal.

A SKT foi conquistando vantagens de mapa após o fim do barão da ROX Tigers, levando a t1 do bot e do top apenas com rotações, os bicampeões mundiais partiram para o Dragão ancião. A luta do Dragão mostrou simplesmente que Faker continua sendo o melhor jogador do Mundo, ele acerta o ultimate da Orianna em dois jogadores simplesmente acabando com a luta.

2° Jogo – MF support aparece!

O patch 6.18 (patch do Mundial) tem um jogo totalmente voltado para a bot lane, conquistar vantagens para o seu ADC e tentar realizar dives no bot é a chave da vitória para o meta atual. O jogo não estava indo tão mal para a SKT, Faker havia conseguido solar KurO no mid, e mesmo morrendo no top, Duke vencia trocas contra Smeb.

No bot a história era outra, com Missfortune suporte, a ROX conseguiu ter um início de jogo fortíssimo. No level 6, o combo dos ultimates da Ashe + MF simplesmente explodiu Wolf.

Conquistando vantagens como este abate no início do jogo, a ROX Tigers foi crescendo na partida. Na principal luta do jogo, Pray foi simplesmente incrível desviando de várias habilidades dos jogadores da SKT e causando muito dano, com o barão garantido a ROX conseguiu levar a torre do inibidor do topo.

Logo depois, a SKT foi pega em uma grande falha de rotação, Pray acertou uma linda flecha em Duke, atrapalhando o teleporte do top laner. Sem Duke, a ROX encerrou o jogo com facilidade e deixou tudo igual. 1 a 1.

3° Jogo – A melhor Ashe do mundo

A MF support apareceu novamente, como dito antes, para por ainda mais pressão na bot lane. Quem realmente brilhou nesta partida foi a Ashe de Pray. Simplesmente incrível, o time todo da ROX Tigers sabia exatamente como seguir o stun causado pelas flechas de Pray. A ROX conquistou bastante vantagem e foi dominando o jogo até a vitória.

4° Jogo – The Jungle itself

the-jungle

Bengi assume a posição de Blank, ele  não havia mostrado um bom jogo contra a Royal Never Give Up, mas nesta quarta partida do dia ele mostrou que não foi bicampeão atoa. A Nidalee de Bengi estava em todos os lugares do mapa, a Zyra de Gorilla sofria e chorava com as lanças de Bengi e desta vez, a Ashe de Pray não conseguiu ser tão efetiva. A SKT fez o que faz de melhor, controlaram a partida e venceram o jogo com bastante calma.

5°  Jogo – Tradição

O jogo começa com Peanut conseguindo abates pelo mapa. O jogador matou Bengi logo no início da partida, deixando sua Elise cada vez maior. Mesmo assim, a SKT segurou a pressão inicial de Peanut e Bengi começa cada vez mais a aparecer no mapa.

Desta vez, a SKT colocou muito mais pressão e recursos em sua bot lane. Com um gank de Faker e Bengi, o time conseguiu levar o first brick e colocar Bang e Wolf com vantagem na partida.

A ROX tenta novamente um Baron para salvar o jogo, assim como no primeiro, eles garantiram o Buff em uma jogada atrapalhada de Bengi. Mesmo assim, Duke conquistou três abates na luta ficando gigantesco com sua Poppy.

A vantagem de ouro da SKT estava em 5 mil aos 30 minutos de jogo, com bons picks para Team Fight como Orianna, Poppy e Ashe, o time bicampeão buscava a oportunidade para finalizar a partida.  Já a ROX Tigers estava tímida na partida, o time sabia o risco que tomava, perder uma luta seria perder a chance de finalmente serem campeões mundiais.

A SKT se aproveitou e conquistou um Barão com bastante tranquilidade. Aos 35 minutos de partida, a vantagem já estava em 10 mil de ouro. A SKT faz novamente o Barão e o Dragão Ancião.

O time bicampeão mundial parte para o seu terceiro título. Teremos pela terceira vez a SKT na final do Worlds.