Um dos maiores clássicos do League of Legends mundial. SKT e RNG se enfrentaram na semifinal do Mundial 2017 na China.

A China sai na frente!

A SKT trouxe o Blitzcrank respondendo o pick de Janna e Twitch da RNG. Na hora do jogo, os chineses não falharam enquanto a SKT cometeu erros claros no earlygame. Outra surpresa dos picks foi o Gangplank de Huni. O top laner sempre demonstrou preferência em jogar com campeões carregadores e o pirata foi sua escolha para o primeiro jogo da semifinal.

Com a vantagem, o Twitch de Uzi era sempre perigoso e tinha toda liberdade para dar as caras e bater. Com escudos de Janna e Shen, o Rato estava imparável.

O primeiro Barão saiu para a Royal aos 29 minutos de partida:

10 minutos depois, os chineses fazem o Barão novamente e a SKT responde iniciando o Dragão Ancião. MLXG rouba o buff garantindo a luta e o GG para a RNG!

Wolf <3 IgNar

Depois de escolher Blitzcrank na primeira partida, Wolf traz outro pick de IgNar para a série: a Leona. A SKT passou aperto para jogar contra o pick nas quartas de final contra a Misfits. O time mostrou que aprendeu bastante na série contra os europeus.

Foto: Riot Games

Outra surpresa surgiu nos picks da RNG que trouxe um Nocturne para a selva! O campeão já havia aparecido no Mundial nas mãos de Levi em Marines vs Fnatic.

A Leona mostrou serviço. Com o pick, a lane ficou fácil para Wolf e Bang. O Firstblood acabou ficando nas mãos de Bang que elimina ming com tranquilidade após ótimo Flash + Stun de Wolf:

Com Uzi em desvantagem, a RNG não conseguia encaixar o seu jogo.

As tentativas de Pickoff da RNG eram massacradas pela presença do Galio de Faker. O melhor jogador do mundo prova novamente o porquê de todo reconhecimento. Faker não comete um erro em toda a partida e ajuda a SKT a construir uma vitória tranquila.

Vayne!

Uzi não hesitou e escolheu sua famosa Vayne para a semifinal da competição. A dupla MLXG e Xiaohu infernizou a vida de Faker e garantiu vantagens para a mid lane.

Foto: Riot Games

Com 20 minutos de partida, a RNG usa vantagem de pressão e inicia em Bang. O ADC coreano morre e logo depois Faker e Blank também caem. Destaque para o lindo ultimate do Taric de Ming:

Com o buff do Barão, a RNG realizou um push na mid lane e encerrou o jogo com 23 minutos de jogo!

Querem Silver Scrapes?

Peanut entra no lugar de Blank para o quarto jogo. Situação complicada para a SKT e a imagem de Blank com as mãos no rosto mostrava que o time coreano estava exausto.

O jogo começa com uma invasão no nível 1 da RNG nas galinhas de Peanut. O ganho de informação e por ter obrigado Peanut a usar o seu smite no Red, Mlxg consegue ganhar vantagens contra Peanut na selva, sempre atrapalhando o jogador.

O jungler chinês também colocou uma série de wards junto com o mid laner Xiaohu na selva de Peanut, não deixando ele surpreender com ganks. O firstblood saiu em uma ótima jogada de Mlxg:

Por volta dos 18 minutos de jogo, Uzi e Ming invertem para a top lane e eliminam Huni. Em resposta, a SKT empurra a bot lane e garante o Firstbrick. A Royal consegue também derrubar a torre da top lane mas a SKT leva a T2 do bot de graça, empatando o ouro.

Com 25 minutos de jogo o ouro estava empatado. Com um teleport de Faker, a SKT inicia em cima de Mlxg que graças ao ultimate da Soraka, sai vivo. Os coreanos não exitam e iniciam um Barão logo em seguida e quando os chineses tentam a contestação é a SKT quem inicia e vence a luta.

A SKT avança com o buff mas não consegue levar a torre após um equalizador incrível de Letme. Logo depois, os coreanos avançaram novamente e após ótima luta de Bang garantiram o 2-2.

Nunca aposte contra a SKT!

Peanut continua no lugar de Blank e a SKT garante Jarvan IV para o jungler. Galio novamente é escolhido para Faker, seu quinto jogo com o campeão na série.

No início da partida, Peanut faz movimentação rápida para a bot lane e garante o Firstblood em cima de Ming. A pequena vantagem fica nas mãos da Caitlyn de Bang. Com 15 minutos de jogo, a SKT estava com 2 mil de ouro de vantagem.

Durante as rotações do mid game, a SKT conseguiu pequenas vantagems. Com 21 minutos de partida, o time já havia levado 4 torres, enquanto os chineses apenas 2. Xiaohu tinha a missão de realizar o splitpush com seu Corki, mas o Gnar de Huni sempre protegido pelo Galio de Faker atrapalhava o trabalho do mid laner.

Com 33 minutos, a SKT simplesmente elimina Mlxg, garante o Barão e empurra a rota do meio, levando o inibidor:

No quinto jogo, a SKT mostrou a SKT que não estava aparecendo neste Mundial. O time foi calculista desde o Draft. Soube agressivar nas horas certas e recuar quando necessário. Eram 36 minutos de jogo e os coreanos tinham 7 mil de ouro de vantagem e dois inibidores derrubados!

Com toda vantagem de ouro e mapa, a SKT acaba com o jogo em uma linda team fight de Huni! Com a vitória, a SKT vai para sua quarta final do Mundial, terceira final seguida.

Siga o Mais e-Sports nas redes Sociais: