Foi suado, mas a SK Gaming garantiu sua vaga na grande final da ECS Season 3 Finals ao derrotar, de virada, neste domingo (25) a Astralis por 2 jogos a 1 (12-16 na Overpass, 16-14 na Mirage e 16-12 na Inferno). Com a vitória, o time brasileiro terá pela frente na grande final da competição, o FaZe Clan, adversário que já foi vencido pelos brasileiros nesta competição, em confronto que será disputado ainda hoje.

A primeira partida da série, disputada na Overpass, começou com um bom início dos brasileiros ao vencer o round pistol e confirmando os dois rounds seguintes atuando no lado CT. No entanto, a Astralis levou a melhor no primeiro round armado da partida e isso empolgou os dinamarqueses, que depois desse, venceram 3 rounds em sequência e viraram a partida para 4-3.

A partir daí, o jogo continuou muito parelho, com as equipes alternando em quem vencia os rounds. Isso continuou até o marcador apontar 5-5, ocasião em que a Astralis conseguiu impor seu ritmo de jogo e graças as boas atuações de Andreas “Xyp9x” Højsleth e  Nicolai “dev1ce” Reedtz, conseguiu virar o primeiro half vencendo por 9-6, poderia ter sido mais se Lukas “gla1ve” Rossander não tivesse cometido esse erro no último round da primeira metade do mapa.

Depois de vencer o round pistol no segundo half, a Astralis venceu os dois rounds seguintes, colocando 12-6 no placar e praticamente encaminhando a vitória no primeiro mapa da série. No primeiro armado da segunda metade do mapa, o time dinamarquês novamente levou a melhor, dessa vez graças a Peter “dupreeh” Rothmann, que conseguiu segurar o bombsite A de dois jogadores brasileiros, 13-6 para a Astralis.

Com 15-7 no placar, a SK Gaming bem que tentou evitar a derrota no primeiro mapa da semifinal ao vencer cinco rounds seguidos e diminuir a desvantagem para 15-12. Porém, xyp9x colocou fim a reação brasileira e em um clutch 1v2, garantiu o 16-12 e a vitória no primeiro mapa da série.

SK Gaming empata a série!

No segundo mapa da semifinal, Mirage, novamente a SK Gaming levou a melhor no pistol e nos dois rounds seguintes, abrindo 3-0 no placar, atuando no lado Terrorista. A exemplo do que aconteceu na Overpass, a Astralis buscou o empate e em seguida virou a partida, colocando 6-4 no placar, desta vez com Markus “Kjaerbye” Kjærbye sendo o destaque da equipe dinamarquesa.

E mais uma vez, a partir deste round, a Astralis passou a dominar o mapa. Com atuações seguras e aproveitando dos erros da SK Gaming, o time dinamarquês conseguiu segurar os bombsites e venceu o primeiro half por 9-6.

No segundo half, a Astralis levou a melhor no pistol round, mas a SK Gaming venceu o round forçado e os dois rounds seguintes, diminuindo a desvantagem para 10-9. A partir daí, as equipes passaram a trocar rounds, com a SK buscando o empate e a Astralis tentando abrir vantagem no marcador.

No entanto, a estrela de Gabriel “Fallen” Toledo brilhou. Com três kills incríveis, o capitão da SK Gaming foi decisivo para fazer com que o time brasileiro vencesse o round enquanto o placar apontava um empate em 12 a 12 e virou a partida para 13-12. Depois disso, a SK chegou a ter 15-12 no placar, permitiu que a Astralis salvasse dois match points, mas com 15-14 no marcador, conseguiu aproveitar a última chance que tinha para fechar o mapa e venceu por 16-14, empatando a série e levando a decisão para o mapa Inferno.

SK Gaming na final da ECS Season 3 Finals!

No mapa decisivo, Inferno, pela primeira vez na série a Astralis, começando no lado Terrorista, levou a melhor no pistol inicial e nos dois rounds seguintes. O time dinamarquês ainda confirmou o primeiro armado da partida e o round em sequência, abrindo logo de cara 5-0 no placar.

No entanto, o time brasileiro finalmente acordou para a partida. Depois de vencer seis rounds em sequência, a SK Gaming contando com uma boa atuação de Marcelo “coldzera” David virou a partida e colocou 7-6 no placar. Mas a Astralis mostrou que isso não deixou impactar a sua partida e ao vencer dois rounds seguidos, fechou o primeiro half com a vantagem mínima 8-7 a favor dos dinamarqueses.

No segundo half, a SK Gaming garantiu o round das pistolas e as duas rodadas seguintes, virando novamente a partida para 10-8. A partir daí, o confrontou ficou ainda mais emocionante, com a Astralis empatando novamente e depois com a SK tirando a igualdade do marcador e ficando novamente em vantagem no placar, 11-10.

A SK até que conseguiu emplacar uma boa sequência de rounds, abrindo 14-10 no placar. Porém, a Astralis não se entregava e conseguiu marcar dois rounds seguidos, diminuindo a vantagem brasileira. Mas foi aí que a estrela de Fallen brilhou novamente, com dois kills (um deles pela smoke), o brasileiro conseguiu segurar o retake dos dinamarqueses e colocou 15-12, tendo dois match points nas mãos.

E já na primeira oportunidade, aproveitando do forçado da Astralis, a SK Gaming não deu chances para o azar e conseguiu fechar a partida em 16-12, virando a série e garantindo a vaga na final, onde irá enfrentar o FaZe Clan ainda neste domingo (25).