- Publicidade -

A SK Gaming está em mais uma final. Menos de um mês depois de ficar com o vice-campeonato da ESL Pro League Season 4 Finals, o time brasileiro formado por Fallen, fer, fnx, coldzera e TACO, venceu na tarde deste domingo (20) a Astralis por 2 a 0 (16-14 na Train e 16-12 na Mirage) e garantiu uma das vagas na grande final da Intel Extreme Masters Oakland de CS:GO.

O confronto entre SK Gaming e Astralis começou na Train, mapa de escolha dos brasileiros. Depois de um começo arrasador onde a SK Gaming abriu 5 a 0 no placar, a Astralis acordou para o jogo e ao vencer 8 rounds seguidos, virou a partida. O time brasileiro chegou a vencer os dois últimos rounds da primeira metade do mapa, terminando o primeiro tempo perdendo por 8-7 para os dinamarqueses.

No pistol round do segundo half, a Astralis levou a melhor e ao confirmar os quatro rounds seguidos, abriu uma vantagem de 13-7 no placar. A SK Gaming tentou reagir e conseguiu vencer dois rounds seguidos, mas quando o marcador apontava 14-9 para o time dinamarquês, o time brasileiro acordou. Com uma grande atuação de Fernando “fer” Alvarenga, a SK venceu nada mais nada menos do que 7 rounds em sequência e conseguiu uma virada impressionante, fechando o primeiro mapa da série em 16-14.

No segundo mapa do confronto, Mirage, a SK Gaming mais uma vez começou avassaladora ao abrir logo 4-0 no placar. A Astralis até que empatou a partida em 4-4, mas foi só. Com Epitácio “TACO” Pessoa inspirado, os brasileiros assumiram o controle da partida e venceram 7 rounds seguidos, garantindo a vitória no primeiro half por 11-4.

No segundo half, a SK Gaming venceu o pistol round mas não conseguiu confirmar o round seguinte, deixando o placar em 12-5 para o time brasileiro. Depois disso, os times chegaram a trocar rounds até que Fallen e companhia tinham 13-7 no placar. Foi aí então que a Astralis mostrou que não se entregaria e ao vencer 5 rounds seguidos chegou a encostar no placar e mostrar que estava viva na partida.

No entanto, a SK Gaming não deixou se abalar e quando placar apontava 13-12, conseguiu vencer o round e quebrar o ímpeto da equipe adversária. A partir daí, o time brasileiro não deu mais chances para o azar e conseguiu fechar a partida em 16-12, fechando a série em 2 a 0 e garantindo a vaga na grande final da IEM Oakland.