O sonho brasileiro de ir pela primeira vez para o The International será decidido nesta quinta-feira (29), a partir das 13h (horário de Brasília). Apesar de estar na lower bracket, SG e-Sports e Midas Club Elite seguem vivas na classificatória da América do Sul para a principal competição de Dota 2 no ano, mas o caminho não será nada fácil.

Para chegar a edição de 2017 do The International, a SG e-Sports é quem o trajeto mais complicado. Para se classificar, o time que fez história ao ser o primeiro time brasileiro a conquistar vaga para um Major de Dota 2, precisa vencer a série contra a Mad Kings, derrotar os compatriotas da Midas Club no próximo confronto e por fim, tentar despachar os peruanos da Infamous, que já venceram as duas equipes brasileiras na upper bracket.

Já a Midas Club, que teve a melhor campanha na fase de grupos da classificatória, mas acabou sendo derrotada pela Infamous por 2 jogos a 0 na final da upper bracket, espera pelo vencedor do confronto entre Mad Kings e SG e-Sports, para ver quem pegará a Infamous no confronto que vale vaga para o The International 2017.

Vale a pena lembrar que o The International é o torneio de e-sports que detém o recorde de maior premiação já paga na história do esporte eletrônico. Isso porque no ano passado, a competição que teve a chinesa Wings Gaming como campeã, teve um prizepool de 20,770,460 milhões de dólares.

E a premiação deste ano tem tudo para superar a marcar do ano passado, já que o prizepool do The International 2017, até o fechamento desta matéria, já está em 19,803,973 milhões de dólares, sendo que a competição só acontecerá entre os dias 7 e 12 de agosto.

Confira as escalações dos representantes brasileiros na qualificatória para o The International 2017:

Midas Club

Guilherme “FuckinEh” Silva
Leonardo “Mandy” Viana
Rodrigo “Liposa” Lelis
Lucas “Bardo” Raphael
Thiago “Thiolicor” Cordeiro

SG e-Sports

Adriano “4dr” Machado
William “hFn” Medeiros
Otávio “Tavo” Gabriel
Danylo “KINGRD” Nascimento
Emilano “c4t” Ito