Nesta quarta-feira (16) a Gamers Club anunciou que a equipe uruguaia S2N Esports foi desclassificada da Dell Gaming Liga Pro Gamers Club pela regra 2.14 do torneio. A razão da exclusão do time foi o banimento de uma das contas do jogador argentino Martin “rox” Molina pelo anticheat da Gamers Club, deixando a entender que o atleta estava utilizando algum tipo de hack para obter vantagens dentro do jogo.

Essa era a primeira vez que S2N Esports chegava a Liga Pro da Gamers Club, e em sua partida de abertura, que havia ocorrido na última segunda-feira (14), a equipe havia sido derrotada por 2-0 pela DETONA Gaming. Com a desclassificação do time, o confronto contra a Evidence Esports que seria realizado hoje foi cancelado, e os brasileiros venceram por W.O.

Com a exclusão da equipe do torneio, a S2N Esports não poderá competir na Gamers Club até o fim da atual temporada da Dell Gaming Liga Pro, e caso queira retornar no próximo semestre terá que recomeçar na Liga Amadora.

O companheiro de equipe de rox, Franco “franssj” Garcia comentou o assunto sem dar muitos detalhes, e lamentou o corrido.

“Estamos desclassificados da Liga Pro da GC. Que inveja as pessoas têm.”