Fnatic e ROYAL NEVER GIVE UP se enfrentaram na terceira série das quartas de final do Mundial 2017 de LoL. A RNG vem como grande potência da China e uma das fortes candidatas ao título da competição, enquanto que os europeus chegam de uma classificação milagrosa e buscam restaurar a honra da Europa.

Um jogo lento mas totalmente controlado

A RNG optou por uma composição onde teria um jogo prolongado porém bastante forte no final. A equipe conseguiu fazer um bom controle de mapa e também dos objetivos da partida, usando de todo o potencial da Tristana para destruir as torres e abrir o mapa da Fnatic.

O time chinês conseguiu fazer o primeiro barão da partida logo cedo (25 minutos), buff que foi importante para que eles pudessem garantir uma boa vantagem em ouro e acurralar a Fnatic em sua base.

Mesmo com toda a desvantagem, a Fnatic consegue se segurar em sua base, mas não consegue sequer contestar os objetivos. Aos 40 minutos a RNG faz o seu terceiro barão na partida e com toda sua vantagem parte para a base da Fnatic, conseguindo a vitória e abrindo 1-0 da série.

O Barão da Derrota

Dessa vez a Fnatic opta por fazer a escolha da Sejuani e também do Cho’gath, campeões que foram cruciais para a vitória da RNG na primeira partida. A escolha de Vayne para Rekkles fez com que o jogador fosse bastante punido na fase de rotas, que ficou atrás mesmo conseguindo o First Blood.

Mesmo com uma fase de rotas desfavorável, a RNG acabou se perdendo em algumas rotações e estendendo demais algumas lutas, o que deu uma vantagem de abates para a Fnatic e fez com que eles conseguissem recuperar o mapa e também empatar nos objetivos. Aos 25 minutos a Fnatic faz o primeiro barão da partida para aumentar ainda mais sua vantagem.

A partir dai a Fnatic toma o controle total da partida, destruindo todas as torres de rota da RNG, deixando apenas a base em pé. A equipe europeia parte para o barão que poderia decretar o final da partida e consequentemente o empate da série, e é onde o erro acontece: Mlxg consegue fazer o roubo do barão, mantendo a equipe chinesa viva na partida e conseguindo empatar no ouro e também nos objetivos.

Com 41 minutos a RNG garante o terceiro barão da partida, e em uma boa luta na bot lane, consegue abrir a base da Fnatic e partir para o GG, ficando a uma vitória da classificação.

Fnatic consegue a virada e mantém sua esperança viva

Mais uma vez a RNG garante uma composição que se favorece por jogos longos, com um grande potencial de proteção para o Uzi, que é o grande nome da equipe. Diferente dos jogos anteriores, a RNG dessa vez consegue um bom gank na bot lane e fica com o first blood.

A RNG aproveita do seu grande potencial de presença global e faz boas rotações, garantindo espaço em mapa e também objetivos importantes, como dragões e arauto. Mesmo com toda a pressão a Fnatic consegue se segurar e inclusive responder a altura na destruição de torres.

Aos 24 minutos com pressão da Fnatic na base da RNG, Uzi chama a responsabilidade e consegue dois abates, abrindo espaço para o primeiro barão da partida.

Mesmo com toda a pressão a Fnatic consegue se segurar e fazer o barão, buff que é utilizado para invadir a base da RNG e destruir dois inibidores do time chinês.

A partir dai a situação do jogo muda totalmente e quem passa a atacar é a Fnatic, levando todos os inibidores e encurralando a RNG em sua base, porém em uma tentativa desesperada de finalizar o jogo, a Fnatic acaba n conseguindo uma boa luta, prolongando mais o jogo.

Mesmo com outro roubo de barão por parte do Mlxg, a Fnatic pressiona a base inimiga e consegue a vitória, prolongando a série e não deixando morrer a esperança europeia de classificação.

 

O poder de Corki + Twitch

Dessa vez a Fnatic começa ditando o ritmo de jogo e acelera a partida, conseguindo o primeiro bate da partida em um counter gank na rota do topo. Poucos minutos depois, o time europeu faz um belo gank na bot lane, ignorando a torre inimiga e conseguindo dois abates e assim abrindo a vantagem em ouro.

Mesmo com a desvantagem, a RNG ainda se mostra forte no jogo e em uma boa luta na bot lane consegue 3 abates, dos quais 2 deles ficam nas mãos do Uzi com seu Twitch.

A Fnatic consegue o barão mas perde um jogador, momento que já mostra a força e dano da composição da RNG. Pouco tempo depois em uma luta dentro da selva da Fnatic, os chineses conseguem levar a melhor  e fazem um Ace pra cima da equipe europeia,sendo o suficiente para destruir a base e o nexus inimigo. Com a vitória a RNG vence a série e se classifica para a semifinal do Mundial, onde vai enfrentar a SK Telecom T1. GG RNG!

Confira a cobertura completa do Mundial 2017 aqui no Mais e-Sports.