- Publicidade -

Conversamos com Gabriel “Revolta” Henud após mais uma derrota do “Exodia” no CBLoL. No último fim de semana, a Vivo Keyd não conseguiu vencer a RED Canids Corinthians!

Se inscreva no canal do Mais e-Sports e não perca os próximos vídeos:

Na primeira derrota, você comentou que foi algo bom para vocês. E agora? É preocupante?

Revolta: Obviamente eu vou falar que foi algo bom, pois eu sempre tento tirar coisas boas até das derrotas. Mas eu sinto que nós fomos muito dominados, fomos muito passivos. Essa série foi agonizante para nós. Estávamos jogando, queríamos fazer algo mas não conseguíamos. E nós reconhecemos que eles simplesmente foram superiores. Na série contra a PRG, foi um pouco diferente, eles tinham um plano de jogo muito bom, muito bem informado para nós e abusaram das nossas fraquezas. Mas a RED, agora como um todo foram superiores, como um time. Isso é algo muito impactante para nós. Já tivemos experiência assim no Wildcard. Mesmo no CBLoL, quando nós empatávamos, nós tomávamos como derrota. Acho que é algo que precisamos dar a volta por cima, como sempre fizemos.

Vocês jogaram de Illaoi no primeiro jogo. Como iria funcionar esse pick? O que deu errado?

Revolta: O que deu errado foi que nós não jogamos para ela. A gente ficou tentando lutar no bot enquanto tínhamos uma Illaoi que estava acabando com o jogo, forçando todo mundo a responder ela. Estávamos comprando lutas erradas, lutávamos sem ela, eu acho que nós não jogamos bem em torno da Illaoi. Se nós tivéssemos jogado, nós teríamos ganho.

No segundo jogo, vocês não trouxeram a Illaoi novamente e não baniram o Galio. Por quê?

Revolta: A gente teve uma discussão sobre banir ou deixar o Galio, e nós decidimos deixar Galio porque a gente queria ver realmente se nós não conseguiríamos jogar contra, pois o Galio da RED foi muito bom no primeiro jogo. Eu acho que eles foram o melhor Galio que nós já jogamos contra, o jeito que eles usavam era muito interessante. Eles não jogaram agressivamente de Galio, eles estavam defendendo sempre. Toda vez que eu via o Winged em uma ward, ele estava me seguindo no mapa. Então foi muito difícil encontrar janelas para entrar e fazer alguma jogada. A gente deixou o Galio para ver se estávamos disciplinados o suficiente para jogar contra, mas não fomos.

O que você acha do Sky? Esperava mais ou menos dele?

Revolta: Eu acho que o Sky é absurdamente bom. Ele e o Winged são muito bons, mas acho que o Sky é muito desvalorizado por todo mundo. Ele joga a lane muito bem, ele joga o mapa muito bem. As tomadas de decisões dele como indivíduo são muito boas. Eu acho que hoje ele é um dos melhores jogadores do cenário.

Como foi jogar contra o Winged? Qual a diferença de jogar contra ele?

Revolta: O Winged… cara… É muito chato jogar contra ele pois ele é muito inteligente. Esses jogos contra a RED, como eu já falei, ele ficava me seguindo pelo mapa. Quando acabou o jogo, eu parei para pensar o quão inteligente foi da parte dele, pois eles tinham o Galio! Ele não precisava fazer uma jogada agressiva. Ele estava sempre tentando me achar, tentando, me impedindo de fazer jogadas, pois caso ele quisesse, ele tinha o Galio que usaria como veículo. É muito difícil jogar contra ele pois ele é muito inteligente. Já em 2014 a gente batia muita cabeça, não ligávamos muito para o mapa em si. Éramos mais focados na jungle. Hoje em dia eu sinto mais que ele é muito mais o que o time precisa e como fazer meu time ganhar esse jogo.

Revolta e Winged se cumprimentam após o jogo!

Uma publicação compartilhada por Mais e-Sports (@maisesportsbr) em

Você se sentiu inútil jogando de Kha’Zix?

Revolta: Eu pickei Kha’Zix sabendo que eu ficaria inútil no jogo. A gente decidiu banir dois junglers de engage, eles baniram Sejuani. Se eles tivessem Kha’Zix, o jogo seria um inferno, pois Kha’Zix, Galio, Alistar e Ezreal seria muito difícil. Aí eu falei ‘me dá Kha’Zix e eu vou tentar criar alguma coisa’. Consegui criar level 2, quase consegui criar no level 7, mas depois que eu morri uma vez acabou pra mim.

O que você espera contra a KaBuM no próximo fim de semana?

Revolta: Eu acho que é mais fácil para nós jogarmos contra a KaBuM do que contra a RED. Apesar de todos falarem que eles [RED] não jogam certinho, eles têm um estilo próprio deles. Eles jogam muito bem a laning phase, eles se movimentam bem pelo mapa. A KaBuM é um time que espera mais, eles fazem a jogada na hora certa… Então eles são mais previsíveis. Já a RED era muito difícil para nós.

Veja também: 4LaN fala sobre ausência de Neki, fase atual da Team One e confiançaTitan fala sobre boa fase e manda recado para brTT

*Entrevista realizada em parceria com Evelyn Mackus, repórter do Mais E-Sports.

Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 com Tabela, data dos jogos e tudo mais, aqui no Mais e-Sports.