A Keyd Stars teve um início difícil novamente no CBLOL. A equipe liderada pelo jungler Gabriel “Revolta” Henud perdeu por 2-0 para a Team One em sua estreia na competição. O jogador conversou com o Mais e-Sports após a série.

Se inscreva no canal do Mais e-Sports e não perca os vídeos:

Revolta precisou realizar uma cirurgia após ser diagnosticado com apendicite. O jogador vinha sofrendo com as dores e precisou de ser internado prejudicando os treinamentos da Keyd. Ele comenta sobre o ocorrido: “Eu diria que tipo… 100% do que está acontecendo com a Keyd é em mim. Porque… Eu tirei tipo, todo o tempo de treino do time, eu não estou treinando em todos os jogos ainda, não estou em forma para ajudar o time a vencer os jogos e evoluir. Acho que nós demos um passo para trás muito grande quando eu tive isso e eles não tem culpa pelo que aconteceu.”

Logo depois, perguntamos se mesmo com a situação difícil, Revolta estava tranquilo para dar a volta por cima novamente com seu time, como aconteceu no primeiro Split. Ele responde: “Acho que por conhecer todo mundo, saber que todo mundo trabalha muito duro. Eu não diria que está tranquilo porque perdemos o primeiro jogo. Mas com tudo que aconteceu, devido ao tempo que eu tirei do time pois eles não podiam treinar, eu não to em forma ainda, então devido a tudo isto, eu ainda acho que dá para dar a volta como a gente mostrou no primeiro split.

Acompanhe a tabela, datas dos jogos e tudo mais na cobertura do Mais e-Sports.