A sexta semana da LCK tinha uma importância única: Além de marcar metade da temporada regular(Fim do primeiro turno ), ela seria encerrada com o confronto entre equipes que são fortes candidatas ao título da competição, GE Tigers e SKT T1. Essa foi a primeira semana da competição no patch 5.2, além de ser uma semana extremamente competitiva em que todos os confrontos foram decididos no terceiro jogo.

Encerrado o primeiro turno, é importante notar que a competição retoma seu calendário normal no dia 25 de fevereiro, ou seja, uma semana sem jogos !

Resultados das Partidas da semana
IMIMlogo std.png
1 2
CJElogo std.png CJ
KTKTRolsterLogo std.png
2 1
JAGlogo std.pngJin Air
NaJinNaJinemfirelogo std.png
2 1
Samsunglogo std.pngSSG
SKT T1SKT1Logo std.png
1 2
HUYAlogo std.pngGET
Classificação
1.
HUYAlogo std.pngGE Tigers
7-0 14-2
2.
CJElogo std.pngCJ Entus
5-2 10-7
3.
 
SKT1Logo std.pngSK Telecom T1
4-3 9-7
3.
JAGlogo std.pngJin Air Green Wings
4-3 11-7
5.
IMlogo std.pngIncredible Miracle
3-4 7-9
5.
NaJinemfirelogo std.pngNaJin e-mFire
3-4 8-9
7.
KTRolsterLogo std.pngKT Rolster
2-5 5-11
8.
Samsunglogo std.pngSamsung Galaxy
0-7 2-14

 

CJCJElogo std.png 2 vs 1 IMlogo std.pngIM

A favorita CJ enfrentava uma Incredible Miracle que vem crescendo no campeonato e realizando boas apresentações, e dessa vez não foi diferente.

Apostando em uma composição muito forte de team fight e dano AOE (Gnarvan + Azir) a  incredible miracle conseguiu uma vantagem no early game, que resultou em um gnar monstruoso que conseguia impedir o Rumble de Shy de crescer e ao mesmo tempo ser uma força gigantesca nas team fights, sendo o destaque da partida nas mãos de Lilac (7/0/7) e garantindo a vitória da IM.

A segunda partida trazia uma proposta semelhante da IM, com o combo gnarvan somado a lux de Frozen, mas as semelhanças da partida se encerravam nisso: Com um early game favorável a CJ Entus graças a uma partida fantástica de Ambition, a CJ conseguiu controlar o jogo e, apesar das dificuldades geradas pelo clear wave de Lux e Corki, finalmente encaixou a luta que precisava após 45 minutos e saiu com a vitória.

A  terceira partida do confronto foi relativamente curta, em 35 minutos a CJ entus exterminou a composição de proteção ao kogmaw / double AD apresentada pela IM e saiu com a vitória. A composição hibrida de double ad somada com um hipercarry que a IM apresentou necessita de uma coordenação incrível, e eles ainda não conseguiram desenvolver esse tipo de team work, sofrendo muito com os pickoffs e com o Kassadin de Coco, considerado o mvp da partida.

É importante destacar aqui a curiosa incapacidade de Shy de jogar com Gnar, um campeão fundamental para todo o top laner no meta atual,  o que dificulta bastante o draft da CJ que sempre tem que banir o campeão ou se preparar para enfrenta-lo.

KT KTRolsterLogo std.png 2 vs 1 JAGlogo std.pngJAG

Mesmo sendo um confronto entre a equipe que defende o título da competição contra uma equipe que teve que se classificar para a temporada 2015, a grande favorita do confronto era a Jin Air, graças a seus resultados recentes e seus belos jogos contra a SKT e a GE Tigers.

Em um primeiro jogo extremamente demorado, a KT Arrows conseguiu a vitória após 60 minutos. A composição extremamente focada em team fights [Rumble+J4+Lisandra] acabou superando a composição apresentada pela Jin Air, que até apresentou um early game decente e conseguiu os dois primeiros dragões, mas a partida contava com um Score inspirado que conseguiu criar diversos pickoffs, que impediram que a Jin Air snowbalasse completamente sua liderança, mesmo com o controle completo do dragão. Durante quase uma hora a Jin air conseguiu evitar o combo de ultimates da KT, tendo fights bem equilibradas, mas após uma call de baron que acabou limitando a movimentação dos jogadores, a KT Arrows conseguiu utilizar seu  “wombo combo “e  garantiu a vitória no primeiro jogo, com o mvp da partida indo para Score, que teve 100% de participação nas kills !

Se a primeira partida teve 38 abates, a segunda foi uma partida bem mais tática, com apenas 13 abates durante os seus 45 minutos de duração. A parte tática favorece sem dúvida a Jin Air, que durante todo o split conseguiu suas vitórias com um controle de waves fenômenal, que venceu a partida com sua composição de double adc. O destaque da partida foi  Trace, que conseguiu uma bela partida de lisandra (4/0/3), graças a seus engages e pickoffs extremamente inteligentes.

A terceira partida  foi completamente dominada pela KT, principalmente devido ao grande jogo de Nagne, que pela primeira vez na temporada levou o MVP de uma partida ( Um dia inspirado de Nagne, tendo feito uma bela partida até mesmo na derrota durante o segundo jogo).Com um early game favorável graças aos ganks de Score e a pressão das lanes,a KT dominou os dragões e também o  jogo, contando  com o esforço de Nagne, que com  um score final de 7/0/1 decidiu a partida com seus encantos e abates.

NJENaJinemfirelogo std.png 2 vs 1 Samsunglogo std.pngSSG

Apesar de seus problemas, a Najin era favorita para o confronto, principalmente devido ao fato de que a Samsung tem feito uma temporada extremamente inconsistente e desastrosa, mas o confronto foi muito mais equilibrado do que o esperado.

O primeiro jogo foi marcado pela grande presença de Duke utilizando gnar na top lane,  participando de 11 das 13 kills que sua equipe obteve e utilizando muito bem o timing do mega gnar nas team fights para conseguir seu SEXTO mvp da temporada ( A Najin só tem 8 vitórias, 6 delas com Duke como mvp), em um longo confronto de quase 50 minutos.

A segunda partida começou surpreendendo já nos picks e bans: o imprevisível bliss utilizou um Jarvan mid, um pick interessante quando se leva em conta a falta de mobilidade de Xerath. O destaque da partida ficou mesmo com Fury, que soube aproveitar muito bem o dano causado por seus companheiros no combo de spells do j4+nida+ lulu e finalizar os adversários sem se colocar em muito perigo, causando muito dano.

A terceira partida se tornou extremamente importante para najin, uma vez que como todas as outras equipes já haviam vencido a samsung, as chances da najin conseguir o quarto lugar (última vaga dos playoffs) seriam muito reduzidas caso a equipe  não fosse capaz de obter  os pontos contra a adversária mais fraca da competição.Ggoong de lisandra não estava disposto a abrir mão da vitória, e com um impressionante 13/3/10 auxiliou muito a equipe a chegar a vitória no terceiro confronto. A partida foi marcada como um banho de sangue, tendo 44 abates em 45 minutos de jogo, mas a najin conseguiu a vitória.

 

SKT SKT1Logo std.png 1 vs 2 HUYAlogo std.pngGET

O confronto mais esperado da temporada desde que a GE Tigers assumiu a ponta e passou a ser creditada como a melhor equipe da LCK, SKT e GE disputavam mais do que um simples confronto da parte de cima da tabela, muitos acreditavam que a GE só poderia obter o título temporário de melhor equipe da liga caso fosse capaz de vencer a SKT, com o confronto ganhando ainda mais hype devido ao fato de que hoje a organização de esports da SKT completava 10 anos.

No primeiro jogo a SKT optou por uma composição com double adc, com Faker utilizando seu Ezreal  ,que até então não havia sofrido nenhuma derrota na temporada…até então. Com muitas plays, ganks e roaming dos suportes forçando lutas 2×2 e 3×3 no early game, a equipe da GE conseguiu entregar muitos abates e concentrar muito gold no  campeão chave de sua composição: Dr mundo.O banho de sangue no começo da partida permitiu um fluxo de gold fora do normal e,  com um Randuins e uma Warmog antes dos 20 minutos de jogo, o Mundo de smeb literalmente  “Ia para onde quiser”, absorvendo muito dano e causando muita pressão sobre a SKT, que apesar de ter lutado bravamente e segurado o jogo por um bom tempo, não conseguiu lidar com a força de Mundo e Xerath e acabou sendo derrotada.

O segundo confronto começou com uma aposta grande da GE Tigers:Deixar o campeão mais famoso de Faker, a Le Blanc, aberto no draft. E eles pagaram caro por isso.  Com o supporte incrível de piccaboo apoiando faker nos dois primeiros abates do jogo, o campeão mundial da season 3 tomou controle total da partida, criando diversos pickoffs e aproveitando do fato de que a equipe da GE não possuía um Hard CC para destruir completamente a partida e carregar a SKT para uma vitória.

O terceiro confronto era tudo ou nada, e era o momento de um jogador que muitos esqueceram aparecer como nunca: O terror da season 3 retornava, com Pray dominando o confronto e se provando uma vez mais como um grande ADC.  A primeira partida competitiva de Faker com Azir foi marcada pelo número de vezes que o jogador e Marin foram pegos,  além do fato de que  Bang optou por uma curiosa build de ezreal sem nenhum item proveniente da Sheen. A GE Tigers aproveitou muito o fato de seu late game mais poderoso, devido a presença do kassadin + 3 tanks (Leona/Rek’sai/Gnar) , e acabou levando o terceiro jogo e se mantendo como a maior equipe da Coréia atualmente, além de ter confirmado sua participação na IEM Katowice !