- Publicidade -

A Fnatic, time de Martin “Rekkles” Larsson, não teve o melhor dos começos no MSI 2018, perdendo os dois jogos em seu primeiro dia de campeonato. Apesar do começo conturbado, a equipe conseguiu se recuperar logo no segundo dia, vencendo a KING-ZONE DragonX e também a Team Liquid, no clássico NA x EU.

O jogador concedeu uma breve entrevista para a Riot Games na transmissão oficial após a segunda vitória da Fnatic.

Vocês estão 2-0 hoje, pensando nos resultados de ontem (0-2), o quão aliviado você está? Como você está se sentindo?

Rekkles: Ontem eu estava muito desapontado, obviamente. Em um evento internacional você deseja trazer orgulho aos seus fãs e esta foi a última coisa que nós fizemos. Hoje eu realmente queria mostrar que nós poderíamos competir com estes times e ser uma região forte também. Eu queria mostrar que não só apenas um time europeu pode brigar, mas toda a região é forte.
Estou muito feliz com a nossa performance de hoje pois eu acredito que fomos capazes de mostrar as coisas que fazemos na Europa, como o nosso macro game e o tipo de campeões que jogamos, é bom ganhar das melhores regiões.

Foto: Riot Games

Você disse que queria jogar o estilo de jogo da sua região, e Caps trouxe o Yasuo novamente. Como é ver Caps tendo essa crescente em um evento internacional? O que você diria sobre ele no MSI até o momento?

Rekkles: Eu acredito que Caps é o melhor mid laner deste torneio. Então, obviamente é muito bom ter ele no meu time. Isso tira muita pressão de mim (risos). Como você disse, eu tinha a responsabilidade de carregar a equipe, mas aparentemente, sinto que neste torneio, eu não preciso carregar um jogo, o que é legal. Eu sei que ele veio para isto, eu posso aparecer e estar lá pra ele, mas ele é quem vem tomando este lugar. Eu acredito que será muito bom evoluir nisto.

Você sentiu pressão pois estava jogando o famoso NA vs EU?

Rekkles: Hmmm… Na verdade não. Eu senti pressão em jogar contra a China e Coréia pois eles são regiões muito fortes. É muito importante para nós mostrar que podemos continuar jogando contra essas regiões. Acredito que já vencemos o NA no passado e eles já nos venceram, não tem mais todo esse hype. Para mim é mais a questão de jogar contra o Doublelift, mas eu acho que eu fiz um bom trabalho na situação e estou feliz com o resultado.

Você venceu Pray e Gorilla hoje, foi algo especial para você?

Rekkles: Bem, eu morri na lane contra os dois, então eu estou desapontado (risos). Mas eu sinto que eu fiz o meu trabalho depois disto. Eu acredito que foi meu único erro nesse jogo. No outro, eu tive um momento onde eu contestei uma pink no rio e Olaf estava por lá quando nós tínhamos prioridade no mid, fiquei confuso.
Mas eu acho que eu estou jogando melhor hoje do que joguei ontem, e eu acho que posso recompensar pelos erros que tive no primeiro dia. Eu sei que aparentamos estar muito mal para todos que assistiram de fora e eu acho que joguei mal hoje também. Eu quero mostrar que posso ser consistente como sempre fui.

Você está 2-2 agora e tem vários times fortes no torneio. O que você acha que fará a Fnatic continuar vencendo com o seu próprio estilo de jogo?

Rekkles: Basicamente você já disse a resposta, pois ontem, nós tentamos coisas novas, e como teve muita prática desde os playoffs, a gente tentou se adaptar. Mas eu acho que este foi o nosso erro. E continuando jogando como fizemos neste split será melhor, como vocês viram hoje. Nós jogamos com campeões que estamos mais confortáveis, estilos de jogos que são mais confortáveis, eu acho que isto é facilita a execução do jogo.
Mesmo assim, ontem foi um caos e nós não sabíamos o que fazer. Então, vamos para frente, continuar dando o nosso melhor, e se não for suficiente, então, teremos que trabalhar em alguns fundamentos durante o próximo split. Mas eu acho que nós podemos vencer os coreanos, como fizemos hoje, nós temos uma chance de vencer tudo.

Veja horários, jogos e tabela do MSI 2018 na Cobertura do Mais e-Sports