O Mais e-Sports entrevistou Ygor “RedBert” Flores, suporte da INTZ, após a vitória dos intrépidos contra a ProGaming no último Domingo (22) pelo CBLOL 2018. Confira a entrevista:

Você pode apostar nos jogos do CBLOL através da Betway

O Absolut não jogou nesta série. Qual o motivo disso?
Ele não apareceu por conta de uma lesão. Ele tem tendinite já e nessas últimas semanas estava muito forte, o fisioterapeuta recomendou que ele tirasse uma pausa. Nós tiramos essa pausa para que ele se recuperasse e voltasse para os próximos jogos. Foi meio difícil para mim, se adaptar em jogar ao Mills, pois eu já estava acostumado em jogar com o Absolut. O Absolut é muito mais vocal em comunicação e tomada de decisão, o time todo precisou se adaptar em jogar com o Mills. Só que ele também com o tempo foi puxando mais responsabilidade e está jogando bem.

Foto: Riot Games

Como foi a decisão de jogar com o Mills e não outro reserva?
Quando o Absolut precisou ficar de fora, nós usamos uns reservas para ver como ficaria no Bot. O time todo em conjunto escolheu o Mills.
Entre os outros reservas, quem tinha mais conhecimento de botlane e do jogo em geral eu acho que foi o Mills e ele se adaptou conosco nos treinos. Acho que foi por isso que decidimos escolher ele.

Quais foram os pontos chaves para a INTZ vencer essa série contra a PRG?
Acho que o ponto chave nesses dois jogos foi jogar em cima da nossa condição de vitória, algo que estávamos tendo problemas nos treinos mas a gente conseguiu jogar melhor aqui no palco.

Algum recado para a torcida da INTZ?
Ai Torcida da INTZ, não duvidem do Tay que o menino é bom e vai mastigar o crânio de todo mundo ai de Trundle. É isso, e obrigado pelo apoio.

Você pode apostar nos jogos do CBLOL através da Betway