Mais uma final de Rift Rivals aconteceu neste sábado (09), dessa vez entre a região do CBLoL e a CLS. Quem achou que alguma região teria vida fácil, foi surpreendido tanto na fase de grupos quanto nos playoffs.

Formato da semifinal

A MD5 da final desse Rift Rivals vem com o mesmo formato da semifinal. As duas equipes de cada região alternam entre si em cada jogo da série, e caso chegue ao 5° jogo, os treinadores tem que entrar em consenso para decidir qual equipe é a melhor para decidir a série.

Mais uma série onde o CBLoL passa sufoco para ganhar

O CBLoL chegou com certo favoritismo pra a competição mas acabou tomando um choque de realidade, sofrendo derrotas para a Isurus Gaming e também para a Furious Gaming, ambas da mesma região. Mesmo com as derrotas, ao final da fase de grupos o CBLOL ficou com a mesma pontuação da CLS, mas por critério de desempate acabaram ficando com a segunda colocação, e assim tiveram que jogar a semifinal contra a LLN.

Na semifinal, mais uma série onde passamos sufoco, dessa vez contra a região da LLN. A Lyon Gaming surpreendeu e se vingou da fase de grupos, vencendo as duas equipes do CBLOL e assim levando a série para a quinta e última partida. A Keyd Stars foi a equipe escolhida para jogar contra a Lyon Gaming, e com uma ótima atuação do capitão Takeshi, conseguimos vencer a série e assim ir para a grande final.

Foto: Riot Games

Na final mais uma vez a região do CBLOL teve dificuldades contra uma equipe especifica, des vez contra a Isurus Gaming que venceu os dois times brasileiros. A Red Canids e a Keyd Stars conseguiram sua vingança contra a Furious Gaming, onde ambas conseguiram vencer. Na quinta partida, mais uma vez as equipes tiveram que escolher uma representante para jogar, e dessa vez a Red Canids foi escolhida. Diferente da primeira partida entre a Red Canids e a Isurus Gaming, dessa vez a matilha escolheu jogar com o brTT como atirador.

Depois de uma partida bastante disputada, a Red Canids consegue a vitória e também o título para a região brasileira. Mesmo com a vitória, esse campeonato nos mostrou que as outras regiões que antes não considerávamos um problema, estão em uma evolução constante, enquanto que o Brasil parece não estar conseguindo acompanhar, o que é algo preocupante para nossa região, afinal não jogamos com regiões tão desenvolvidas ao ponto de ter tamanha dificuldade no torneio.

Você pode rever a cobertura completa deste Rift Rivals com a tabela, replays, histórico de partidas e muito mais aqui.