Rafael “Rakin” Knittel estreou com estilo no segundo split do CBLOL 2018. O mid laner jogou de Yasuo contra a RED Canids no 2° jogo da Série e foi o destaque da partida! Confira como foi a entrevista com o jogador:

Veja tabela do CBLOL, horários e dias dos jogos, resultados e tudo mais na Cobertura do Mais e-Sports

Feliz por ter estreado com vitória e jogando de Yasuo, Rakin explica o pick: “Tem que saber jogar com o boneco sabe? Tem muita gente que sempre ulta quando alguém toma knock up. Você vê isso direto. Você precisa de uma composição que gira em volta do Yasuo. Não foi tipo ‘picka Yasuo e dane-se’, tivemos planejamento, treino… Então é isso. Melhor banir esse Yasuo ai meu querido.”

- Publicidade -

Ele comentou também sobre como Envy jogou com o campeão. Para ele, o mid da INTZ cometeu um erro que ele cometia durante os treinos: utilizar sempre o ultimate quando alguém é levantado e não no melhor momento. Rakin completa: “Sinto que faltou um pouco de planejamento em como rodar o pick de Yasuo para eles.

Foto: Riot Games

O mid da CNB continua falando sobre a importância do treino com o campeão: “Tem que abrir o modo sandbox e ficar 1 minuto treinando dash para tentar fazer mais rápido, tentar dashar todos os minions. Para eu utilizar esse boneco, que ta longe da minha pool, você nunca me veria jogar de Yasuo até… hoje, sabe? Tive que treinar muito, estudar muito, ver muito VODs. Foi resultado de muito esforço. Quem vê minha stream sabe que eu sou horrível de Yasuo né? Ou era… Agora tá dando para dar uma brincada. Não é nem mecanicamente, é mais ter noção do que ele é capaz e pode fazer.”

Ele brinca depois e fala que o pick é tripleflex assim como o Lucian, Irelia e Vlad. Perguntamos se ele está dando umas aulinhas de Vlad para os outros jogadores da CNB e ele responde: “To dando uma aulinha lá, do mesmo jeito que o Robo ta me ensinando a jogar de Yasuo. O Yasuo dele é feroz.

Diferente do 1° split, a CNB estreou com o pé direito desta vez. Rakin explica que o time encaixou muito. “Cada um engoliu orgulho, engoliu aspectos, algum ponto negativo,” cravou.

Rakin também revela que ele foi quem decidiu entrar apenas na segunda partida contra a RED Canids. “Eu pude estudar um pouco mais de como eles estavam jogando e saber onde eu poderia forçar os limites com meu Yasuo.

O primeiro encontro de Rakin contra Sky foi totalmente desastroso para o brasileiro. Desta vez, Rakin saiu vitorioso: “É bom retrucar os tapas que eu tomei né? Coreano não é Deus [risadas], brincadeiras a parte… Eu só tenho mais confiança. Eu sei do que sou capaz. Não comparo mid laners, eu só tenho noção que eu posso ganhar de todo mundo se eu jogar bem e estudar o jogo. Com preparo você consegue tudo.”

Veja tabela do CBLOL, horários e dias dos jogos, resultados e tudo mais na Cobertura do Mais e-Sports