Adentrar no esports pelo cenário competitivo e depois se tornar um criador de conteúdo tem se tornado cada vez mais normal. No entanto, no caso de Arthur “Ar7hur” Schubert foi o YouTube quem abriu portas para o novo treinador da Ninjas in Pyjamas de Rainbow Six.

Com o canal criado desde 2011, foi em 2018 que o mineiro começou a se dedicar somente ao R6, produzindo vídeos tutoriais e analisando partidas competitivas. Após um ano, essa atitude se mostrou uma grande mão na roda.

As boas-vindas da equipe

“A adaptação para coach profissional está tranquila. Por já trabalhar com Rainbow Six no YouTube há um tempo, ajuda bastante. A partir daí é adaptar o conhecimento que

adquiri com o canal para as necessidades do time, como analisar os futuros adversários por exemplo”, afirmou Ar7hur.

Além de facilitar sua chegada no time, seus vídeos também são benéficos para a nova equipe e o cenário profissional do game. “Estou conseguindo apresentar a NiP e o competitivo para algumas pessoas que antes não se interessavam”.

No entanto, todo conhecimento sobre R6 adquirido durante o tempo como youtuber é o que mais adiciona à equipe. “O modelo de como fazer a análise de uma partida, de forma detalhada e estatística eu já tinha e eles gostaram de como eu trabalhava”, disse o coach.

“Agora é realmente adaptar para a necessidade deles e acrescentar a análise do próprio time também, que é muito importante, destacando pontos que podem ser melhorados ou modificados, por exemplo”, concluiu.

Anunciado na organização no dia 6 de março, Ar7hur afirma que alguns fatores ajudaram na sua escolha para a posição. “Alguns players já acompanhavam meu trabalho então isso com certeza ajudou, além de ter feito diversas análises de teste”.

Nova rotina

O coach é bem categórico ao falar sobre sua função no time até o momento, afirmando que estão “treinando todos os dias com várias equipes, e eu observo os jogadores. Preciso conhecer como eles treinam, táticas que usam, callouts de todos os mapas, etc. Só assim que vou saber o que pode ser melhorado e onde meus comentários vão ser mais efetivos”.

Ar7hur crê que o cenário de R6 está percebendo que cada vez mais é necessária a presença de um treinador e de um analista. Além disso, o mineiro vê a NiP com uma certa vantagem por “termos jogadores muito inteligentes que rapidamente reconhecem suas falhas rapidamente e trocam ideias para ajustar tudo o mais rápido possível”.

Performances recentes

Porém, os Ninjas não têm alcançado grandes resultados recentemente, ainda mais quando se trata de torneios internacionais. Enquanto no Six Invitational 2019 a NiP terminou na 13°/16° posição, as outras três representantes brasileiras – Liquid, FaZe Clan e Immortals -, tiveram melhores performances.

“Já estamos mudando algumas funções, posicionamento e coisas do tipo. E também acredito que a line tem um potencial enorme e que tem total capacidade de voltar à uma final. É questão de conseguir colocar o que é treinado em prática e manter um nível de adaptação grande dentro da partida. Manter uma consistência é o mais importante” – disse Ar7hur.

Enquanto no exterior o elenco não alcançou bons resultados, no Brasil “a expectativa é muito boa. “O time está em uma boa colocação na tabela da Pro League então acredito que a classificação para os playoffs só depende de nós. Então, as primeiras partidas da segunda fase vão ser bem importantes”.

“No Brasileirão ainda estamos na zona de classificação para os playoffs mas o desempenho pode melhorar, especialmente para nos aproximarmos da Liquid e da FaZe. Acredito que todo o preparo para a PL vai ajudar muito nas partidas do BR6 também” – finalizou o novo treinador da NiP.

Desde a chegada de Ar7hur, os Ninjas disputaram duas partidas. Contra a Immortals, a equipe foi derrotada pelo Brasileirão, e contra a FaZe perderam pela PL. O próximo compromisso do time será contra a INTZ pela PL Latam.