A FaZe Clan está em mais uma final do Brasileirão de Rainbow Six. A equipe que saiu vitoriosa da série disputada contra a Ninjas in Pyjamas terá a chance de defender o título e conquistar o tricampeonato no torneio, na final contra a Team Liquid.

Já ter conquistado o título na edição passada é um dos fatores que, Rafael “mav” Freita, vê como uma pressão sobre a equipe. No entanto, o capitão garante que os jogadores não se afetam com isso.

“Já que nós estamos com o último título do torneio, então é esperado que a pressão caia sobre a gente para defendermos esse título, mas estamos acostumados, sempre jogamos com a torcida contra, e amanhã não será diferente. Então, vamos focar no nosso jogo, fazer nossa tática e ganhar”, disse o jogador em entrevista ao Mais Esports.

“Pressão não afeta a gente porque focamos muito no jogo, a gente esquece a torcida, a gente esquece os barulhos, esquecemos tudo e só queremos saber de ganhar. Teve uns erros [na semifinal contra a NiP], que foram causados na verdade um pouco por pressão, mas foram poucos”.

Além do fator defender título, mav crê que a equipe estar em uma fase melhor do que a Liquid resultará em mais expectativas sobre o time, que tem realizado boas performances. Porém, mav não vê grande favoritismo para nenhum dos lados na finalíssima.

“Questão de melhor time ou não, tem muita questão de fase. Querendo ou não estamos numa fase melhor [do que a Liquid], eles não vêm com bons resultados, mas no time deles todos jogam muito bem, todos dão muita bala, eles têm muita skill individual, então com certeza eles têm potencial de ganhar de qualquer time do mundo”.

Semifinal contra a NiP

Depois de vencer da Black Dragons em uma série disputada em três mapas, a NiP, no dia seguinte, também enfrentou a FaZe em três mapas. Com a FaZe tendo saído na frente, os Ninjas responderam e forçaram o mapa decisivo. Lá, a NiP abriu uma grande vantagem e ficou com um pé na final. Porém, a FaZe aplicou a virada e roubou a classificação dos Ninjas.

Essa virada, concluída somente no overtime, foi realizada de forma tranquila e sem preocupação pela equipe da FaZe, que, segundo mav, sabia os pontos que precisava melhorar para sair com a vitória.

“A virada a gente sabia que o mapa era favorável à defesa, então, embora estivesse 5-2, sabíamos que conseguiríamos ganhar, que era possível, e só faltava fazermos o que a gente tinha planejado. Graças à Deus estamos na final e amanhã, quem sabe, levar mais um título”.

Embora a série tenha ido para o terceiro mapa e requerido bastante da equipe da FaZe, mav não teme ter mostrado as estratégias para a Team Liquid.

“Isso não existe porque a NiP é um time muito bom e não tinha como não mostrar, a gente sabia que ia ser um jogo muito difícil, estávamos esperando que seria um jogo bem apertado. Mas a gente tá muito feliz, nosso principal objetivo era ganhar da NiP porque muita gente estava duvidando, dizendo que eles eram um time melhor que a gente, e nós não achamos isso, então é muito bom que a gente conseguiu ter um bom jogo”, disse.

“Eu não consegui render tanto, to há uma semana parado por causa de um problema no dedo, então meu time acabou se superando e saímos com a vitória. Amanhã daremos o nosso melhor e quem tiver melhor é quem vai ganhar”, finalizou o capitão.

A final será realizada nesse domingo (28), com início previsto para às 18h30. A partida será MD5.