Se tornar um jogador do CBLOL não é fácil. Para a maioria, o único caminho é subir através do Circuito Desafiante, uma terra onde é cheio de esperança e força de vontade mas falta estrutura.
Times que realmente investiram em estrutura conseguiram ótimos resultados. Vimos a INTZ Red (Hoje Red Canids) e a G3X subindo para o CBLOL vencendo o time que já estava lá na Série A.

Este ano, a gente pode conferir de perto a Big Gods garantindo sua vaga no CBLOL após um ano de muito investimento em estrutura para os jogadores.

Hoje chegou ao LOLNews uma notícia bem triste sobre uma polêmica que aconteceu agora no Circuito Desafiante. Os jogadores da E-Champ (Riva, Ceos, Absolut , wolv e mk1) conseguiram uma vaga no Circuito Desafiante e logo após a conquista da vaga, perderam três de seus jogadores para a G3X.

Mesmo com a baixa de Riva, Ceos e Absolut, os dois que permaneceram dentro do time foram atrás de novos jogadores que juntos conquistaram também uma vaga na BRMA.

Porém, ontem a noite, esses cinco jogadores receberam a notícia que a Organização estava “kickando” os cinco jogadores do time! De acordo com as regras do Circuito Desafiante, o dono da vaga é a organização. Os jogadores ficaram revoltados pois eles conquistaram a vaga sem nenhum apoio da organização.

Conversei com o Wolv sobre a situação e ele comentou:

Ontem, fomos convidados ao ts, e fomos informados que tomamos kick, aparentemente sem motivo nenhum.
Então agora estamos correndo atrás das duas vagas que conquistamos pois a gente lutou por aquilo e jogou aquilo
O jogador também afirmou novamente que a organização não havia feito nada para eles, apenas “promessas”. O coach da equipe comentou também sobre o ocorrido
Tendo em vista duas lines formados por mim e wolv que ficamos como base, obtivemos resultados incríveis e na noite de ontem sem mais nem menos TODOS NÓS fomos kikados e nos foi tomado o sonho de maneira covarde, levando as vagas conquistadas por nós com muito esforço e mérito. Lutamos com a Riot pra que ao menos nossa vaga fosse retomada, porém a empresa informou que a vaga era da organização e não poderia fazer nada. Em resumo conquistamos e tivemos nossas conquistas retiradas de nossas mãos. Pra eles os negócios valem mais do que sonhos, diferente de nós.
Ele continuou falando e acrescentou sobre aposentadoria dele e dos jogadores:
Motivados por isso, que sem esperança eu coach e jogadores como fire e wolv estamos nos aposentando por termos nossos sonhos retirados.
E sobre a riot, não adianta criar regras iguais a do cblol se não tem o mesmo acompanhamento e fiscalização.
Estas foram as palavras de Diogo “Heracross” perete. Muitas pessoas que estão envolvidas com E-Sports comentaram sobre a situação. Mesmo com os meninos tendo conquistado a vaga sem apoio nenhum, a organização teve total liberdade para fazer o que bem quisesse.

Qual a sua opinião sobre o ocorrido? Comente!