- Publicidade -

Aconteceu nessa quinta-feira (08), o terceiro dia de jogos da IEM Chicago 2018, torneio que acontece nos Estados Unidos e tem premiação de 250 mil dólares. As partidas do dia foram todas disputadas em formato MD3, e definiram quais times avançaram para os playoffs da competição.

Os Jogos:

LG vs eUnited

Na rodada de abertura do dia, os brasileiros da Luminosity Gaming venceram os norte-americanos da eUnited por 2-0, e continuaram vivos no torneio. A matéria completa desse confronto pode ser lida clicando aqui.

Simultaneamente, a mousesports enfrentava os alemães da BIG. Os mapas jogados foram Dust 2 e Train, e a equipe do rifler Chris “chrisJ” de Jong levou a melhor nos dois. A história de ambos as partidas foi muita parecida, onde a primeira metade foi muito disputada, com a mousesports vencendo por 8-7 nas duas oportunidades e depois deslanchando no segundo half para garantir os dois jogos por 16-10 e a vitória na série por 2-0.

FaZe Clan vs Astralis

Na final do Upper Bracket do grupo A, a FaZe Clan enfrentou a Astralis valendo uma vaga direta nas semifinais da competição. O mix europeu da FaZe surpreendeu, e conseguiu vencer os atuais melhores do mundo por 2-0. No primeiro mapa, Mirage, a equipe do AWP GuardiaN foi muito superior, e sem muitos problemas venceu os dinamarqueses por 16-7. Passando para a Inferno, tivemos um jogo bem mais disputado, que terminou em 15-15 e foi para o overtime. Na prorrogação a FaZe Clan fez um jogo perfeito, e não perdeu nenhum round, vencendo o mapa por 19-15 e a série por 2-0, avançando para as semifinais e obrigando a Astralis a jogar as quartas de final.

Ao mesmo tempo, a NRG, equipe que eliminou o MIBR, jogava por uma vaga nas quartas de final contra a Team LDLC, e foi derrotada de forma surpreendente. No primeiro mapa, Nuke, a partida só foi definida no overtime, onde os norte-americanos levaram a melhor com muita dificuldade e um placar de 19-17. Passando para a Overpass, os franceses empataram a série em 1-1 mesmo tendo perdido a metade por 9-6. Um excelente lado TR, que só permitiu duas rodadas da NRG enquanto os americanos jogavam do lado defensivo, fez com que a Team LDLC vencesse por 16-11 e forçasse o terceiro mapa, Train. No Decider, a LDLC surpreendeu e levou a melhor, vencendo por 16-8, eliminando a NRG do torneio e avançando para as quartas de final.

FNATIC vs Team Liquid

Na última rodada de jogos do dia, a Fnatic jogou contra a Team Liquid pela final do Upper Bracket do grupo B, valendo mais uma vaga direta para as semifinais. O primeiro mapa foi Mirage, e os suecos levaram a melhor. Liderados pelo veterano Jesper “JW” Wecsell, a Fnatic fez um ótimo lado CT, e mesmo perdendo de 8-7 na metade, venceu o primeiro mapa por 16-12. Passando para a Inferno, a Team Liquid começou de forma avassaladora, vencendo a metade por 12-3. Jogando agora de TR, a Fnatic ensaiou um comeback, e chegou a diminuir a vantagem dos norte-americanos para 15-12, mas não foi o suficiente, e a Liquid venceu o mapa por 16-12 e empatou a série em 1-1. No terceiro e último mapa, Overpass, foi a vez do jovem de 16 anos Ludvig “Brollan” Brollin brilhar. Com 27 abates e sendo o top fragger da partida, o garoto prodígio liderou a Fnatic para uma grande vitória de 16-7, o que sacramentou o triunfo sueco na série por 2-1, e uma vaga direta nas semifinais. Com a derrota, a Team Liquid terá que jogar as quartas de final nessa sexta (09).

Luminosity Gaming vs mousesports

No último jogo do dia, a Luminosity Gaming jogou contra a mousesports valendo uma vaga nos playoffs, mas os brasileiros foram derrotados por 2-0.

O primeiro mapa foi Cache, e a LG começou do lado CT. A mousesports começou melhor, vencendo o primeiro pistol e abrindo logo de cara uma grande vantagem de 5-0. Um retake no bomsite A foi o primeiro ponto da Luminosity no jogo, e o placar diminuiu para 5-1, porém a mousesports venceu a rodada seguinte e quebrou a economia da LG, colocando os brasileiros em situação complicada. A equipe do support Martin “STYKO”Styk aproveitou o bom momento, e ampliou a vantagem para 9-1. A Luminosity Gaming conseguiu se recuperar no jogo, e virou de lado perdendo por 10-5. Jogando agora de TR,  o time do rifler Lucas “steel” Lopes conseguiu vencer o segundo pistol e o anti-eco seguinte, aumentando as esperanças de um possível comeback, mas não foi o que aconteceu. A Luminosity Gaming foi valente, e jogou muito bem do lado ofensivo, mas a desvantagem do primeiro half era muito grande, e a mousesports venceu o mapa por 16-13 abrindo 1-0 na série.

Mirage foi o mapa seguinte, e a Luminosity começou de CT. A mousesports logo de cara abriu uma vantagem de 2-0 após vencer o pistol e o anti-eco seguinte, mas a LGrespondeu, empatando o jogo em 2-2. A partir dai o quinteto da organização alemã começou a dominar seu mapa de escolha, e foi vencendo rodada após rodada, chegando a mais uma gigante vantagem de 9-2. A equipe do AWP Tomáš “oskar” Šťastný venceu a metade com facilidade pelo placar de 12-3. Com uma grande vantagem em suas mãos, a mousesports fez um lado CT quase perfeito, e só precisou administrar o restante da partida para vencer o mapa por 16-5 e a série por 2-0.

Com o resultado, a mousesports avançou para as quartas de final da competição e joga contra a Astralis, enquanto os brasileiros foram eliminados do evento.

A IEM Chicago 2018 continua nessa sexta-feira (09), com 2 jogos válidos pelas quartas de final do torneio:

Sexta-feira (09) as 16:00H: Team LDLC x Team Liquid

Sexta-feira (09) as 19:35H: Astralis x mousesports

Fnatic e FaZe Clan já estão classificados automaticamente para as semifinais por terem terminados em primeiro em seus respectivos grupos, e só jogam no próximo sábado (10).