O Philadelphia 76ers, tradicional equipe da NBA, é o primeiro clube profissional da América do Norte a ter seu próprio time de e-sport. Isso porque, Darren Rovell da ESPN americana, reportou que o 76ers comprou não só uma equipe de e-sports, mas duas. A Dignitas e a Apex agora são do time de basquete americano.

Os valores da negociação não foram divulgados, porém, equipes de e-sport mais estabilizadas tem sido oferecidas no mercado por valores que variam de 5 a 15 milhões de dólares. A WME-IMG representou a Dignitas na negociação que se concretizou quase um ano depois da apresentação sobre o crescimento dos e-sports que foi feita na reunião do conselho da NBA.

O CEO do Philadelphia 76ers, Scott O’Neil, revelou que o time contratou o executive Greg Richardson, que tem experiência em consumo de tecnologia e videogames para comandar o projeto. Para O’Neil, “não há como negar que o fato de que o e-sport representa a atual geração da America e não vai ser com os esportes tradicionais que vamos atingi-la”.

Já para o responsável pelo projeto de e-sport do 76ers, Greg Richardson, apesar de grande, o mercado de e-sport ainda é imaturo, algo parecido como o velho oeste. “O mercado se criou por si mesmo e se tornou um produto que mais de 250 milhões de pessoas estão assistindo e quando assistem, elas ficam pelo menos uma hora e meia assistindo aquilo por dia”, conta Richardson.

Richardson ainda afirmou que um cross-branding entre o Philadelphia 76ers e suas equipes de e-sport pode acabar acontecendo. Porém, segundo o executivo, isso deve ser feito de uma maneira muito estudada, já que são dois mercados e eles tem as suas diferenças, “e se você não respeitar isso, você estará em encrenca”.

A Dignitas, já está no cenário do e-sport há 13 anos e tem equipes em cinco modalidades: CS:GO, League of Legends, Overwatch, Heroes of the Storm e Smite. Vale a pena lembrar que os ex-jogadores da NBA, Rick Fox e Shaquille O’Neal também já estão no mundo do e-sport, sendo sócios na Echo Fox e na NRG e-Sports, respectivamente.