Tenho certeza que você já viu várias pessoas “shippando” um romance entre Taric e Ezreal. Em entrevista ao site Polygon, o Rioter Greeg Street, Diretor de Design do League of Legends, comentou sobre a chegada de personagens LGBT dentro do League of Legends.

“Nós devemos isto aos jogadores, na verdade eu acho que ao mundo inteiro.” Logo depois ele completa “Eu não quero que seja algo como ‘Ok time, próxima campeã independente de qualquer coisa, será lésbica.’ Eu não acho que isto resultaria em algo bom… Desde o início, precisa ser a identidade do campeão. Eu tenho certeza que iremos fazer isto em algum momento. Não sei dizer com qual campeão isto irá ocorrer.”

Já no Overwatch a Blizzard publicou uma história de Tracer revelando que a heroína é lésbica.