Remo Brave e paiN Gaming protagonizaram o primeiro confronto deste domingo, que marca o ultimo dia da fase regular do CBLOL. De um lado a paiN Gaming buscando se manter no 3°lugar da competição, a equipe já está classificada para os playoffs. Do outro lado temos a Remo Brave tentando escapar do rebaixamento automático, precisando de pelo menos um empate para sair da ultima posição da tabela.

Vitoria dos Super Minions!

A paiN Gaming começou bem a partida, conseguindo abrir vantagem logo na fase de rotas e também conseguindo controlar bem os objetivos no mapa. O first blood também ficou na mão deles, logo aos 8 minutos de partida Sirt e Kami partem pra cima do 4lan que não teve chances de sair vivo.

A Remo se via perdida no mapa, com dragões e torres sendo dominadas pela paiN Gaming, mas ainda sim conseguiam fazer boas lutas e não deixar a vantagem de ouro disparar tao cedo. A paiN conseguiu fazer 3 dragões elementais, sendo eles 2 da montanha o que facilitava muito a conquista de objetivos. Aos 40 minutos a Remo Brave consegue fazer o barão e pouco tempo depois o dragão ancião, buffs que são usados para conseguir defender sua base e ganhar um pouco de espaço de mapa.

Foto: Riot Games

A paiN consegue finalizar a partida aos 56 minutos, depois de um descuido da Remo Brave que já não contava com nenhum inibidor em sua base. A paiN consegue segurar o time da Remo na rota do meio, conseguindo assim tempo para que os super minions destruíssem as duas torres de nexus, depois disso foi so a paiN invadir a base inimiga e finalizar a partida.

Sai Kami e Sirt, entra Rakin e Tay

Mais uma vez Mit optou por fazer substituições na segunda partida, Kami e Sirt saem para a entrada de Rakin e Tay. A mudança deu um novo ar para a equipe, que consegue estabelecer um ritmo mais agressivo de jogo principalmente por parte do Tay. O ritmo rápido de jogo imposto pela paiN era refletida no placar de abates e controle de torres, aos 18 minutos Rakin e cia já contavam com um placar de abates de 8×2 e duas torres levadas, totalizando 5 mil de ouro a mais que a Remo que só conseguia responder com o controle dos dragões da partida.

Foto: Riot Games

Aos 25 minutos a paiN já tem a partida completamente em suas mãos e consegue levar o primeiro inibidor da partida. A esse ponto do jogo o placar de abates já estava 14×2 para a paiN, que parte para o barão e mais uma vez consegue vencer facilmente uma luta contra a Remo Brave. Com toda essa vantagem a paiN consegue finalizar a partida aos  29 minutos com um verdadeiro stomp em cima da Remo Brave.

Foto: Riot Games

Com esse resultado a Remo Brave foi automaticamente rebaixada para o Circuito Desafiante. Confira a cobertura completa do CBLOL 2017 aqui.