Após um inspirado 3×0 para a OMG no confronto contra a M3 hoje pela manhã, os playoffs da LPL se iniciaram com tudo que era esperado: Grandes jogos, grandes jogadas e uma agressividade única. Seguindo o artigo anterior (https://www.maisesports.com.br/os-gigantes-asiaticos-entendendo-as-equipes-e-os-playoffs-da-china/ ) comentaremos agora sobre como é feita a distribuição das 3 vagas do mundial que são direcionadas a China, e quem são as outras 4 equipes que ainda não foram apresentadas e estão nos playoffs da China.

O caminho para o Mundial

            As 3 vagas que a região possuí são distribuídos da seguinte forma: a única vaga direta é direcionada a equipe que possuí a maior quantia de Circuit points, pois a região adota um sistema de pontos semelhante ao construído pelas outras regiões, com a pequena diferença de valorizar mais sua segunda divisão e seu torneio de promoção ao garantir pontos para as equipes que participaram desse torneio. As tabelas abaixo explicam como funciona essa distribuição de pontos e como se encontra a somatória de Circuit points:

LPL (Lol Pro League, Primeira Divisão)

Posição Spring Summer
300 450
200 300
100 150
80 100
Outras 50 60

Torneio de Promoção da LSPL > LPL (Segunda Divisão/Challenger Series) 

Posição   Spring
30
2nº 20
3rº 10

Classificação Atual de Circuit Points

(Os pontos do Summer Split apresentados aqui representam o mínimo que cada equipe pode fazer)

Pos Time Spring Summer Total
1 EDward Gaming 300 100 400
2 LGD Gaming 200 60 260
3 Invictus Gaming 100 60 160
4 Snake 80 60 140
5 Qiao Gu 30 100 130
6 Vici Gaming 50 60 110
6 OMG 50 60 110
8 Masters3 10 60 70
9 Team WE 50 0 50
9 Team King 50 0 50
11 Unlimited Potential 20 0 20
12 Royal Never Give Up 10 0 10

O time com maior número de pontos é automaticamente classificado como o Seed #1 da China (O que normalmente significa um grupo mais fácil no Campeonato Mundial), enquanto as equipes que ocuparem da 2ª a 5ª posição nessa tabela disputarão um regional estruturado em um torneio de double elimination para definir as outras duas vagas.  A EDward Gaming é a grande favorita para se classificar através dos pontos, mas surpresas são sempre possíveis e é importante conhecer quem pode surpreender!

LGD: Brilhante Talento

11846067_819975058116467_1341857536_n

            A LGD é o único time chinês que tem 5 jogadores brilhantes em seu elenco onde 6 jogam frequentemente, o grande problema é que entre os 5 brilhantes existem dois da rota do topo e nenhum da selva. Vice campeão do último Split, levando a EDG até o limite, a LGD aposta numa estratégia diferenciada em que seus dois jogadores da rota do topo muitas vezes são trocados na série, lembrando os tempos em que a SKT tinha uma atitude semelhante ao substituir Easyhoon e Faker dependendo do plano de jogo.

 Flame e Acorn são jogadores monstruosos mas diferentes, o que permite que a equipe se aproveite do fato para diversificar seus drafts e impedir que a equipe adversária obtenha sucesso com apenas uma tática planejada. Se sobra talento na rota do topo, ele é escasso na selva: TBQ (TaoBaoQuan) é um jogador que demonstrou diversas vezes que não é confiável, apresentando atitudes irresponsáveis dentro do jogo que frequentemente atrasavam sua equipe e seu reserva Xiaoxi também não impressiona.

GodV e Imp são os grandes carregadores da equipe: Enquanto Godv (Conhecido também como We1less) é um jogador mecanicamente brilhante e reconhecido como um dos melhores mid laners do mundo atualmente, principalmente com sua Orianna, IMP é o atual campeão mundial e continua apresentando um league of legends de altíssimo nível. O suporte e shotcaller da equipe, Pyl, tem uma capacidade incrível tanto na fase de rotas quanto em lutas de equipe, iniciando lutas e protegendo seu atirador com maestria.

            A LGD não apresentou uma grande consistência no Summer Split, mas o potencial e o talento continuam lá, assim como a certeza de que os jogadores querem muito a vaga no mundial.

         SNAKE: Surpresas e decepções

11872954_819975041449802_856503684_n

            A grande surpresa do último Split da LPL, a Snake atingiu fama internacional graças ao Draven de kRYST4L e as participações brilhantes dos dois coreanos na equipe, Ella e Beast. Se a escalada para o sucesso foi extremamente rápida, a queda da equipe também foi meteórica quando a pequena Champion pool de Baka e Beast foram exploradas dentro dos playoffs, onde a equipe demonstrou inexperiência e falta de preparação para MD5s.

            O Summer Split acabou trazendo boas modificações para a equipe, que conseguiu contratar o experiente e talentoso U (Relegado a reserva da EDG desde a chegada de Pawn), além de apresentarem um substituto à altura de Beast com a chegada de ZZR. A inconsistência de kRYST4l forçou uma mudança que fez do reserva Martin o titular, mas o jogador também apresentou jogos em que sua imprudência puniram muito a equipe. A Snake quase conseguiu um terceiro lugar e vem abusando cada vez mais do talento de U, mas a equipe precisará de seus atiradores nesse momento crítico.

 Vici Gaming – VG:  Sim, o Dandy é o Topo

11853785_819975048116468_1220309355_n

Com problemas dentro da temporada regular do Summer Split a Vici Gaming corria riscos de ficar fora dos playoffs e alguma mudança tinha de ocorrer para evitar esse terrível destino. Incapaz de conseguir um bom jogador para a rota do topo no meio da temporada, a equipe conseguiu apenas contratar um novo caçador da selva e tomou a difícil decisão de colocar Dandy em sua segunda posição favorita, a rota do topo.

            Apesar de não produzir a mesma mágica que apresentava na selva, Dandy tem se mostrado um bom jogador da rota do topo e apresentado bons jogos com uma diversificada Champion pool. O novo caçador da selva World6 tem se mostrado um jogador eficiente dentro do meta atual, enquanto Xuan e Endless, que recentemente assumiram os postos de MidLaner e Atirador, conseguiram melhorar a dinâmica do time e trazer mais qualidade as respectivas posições.

            O grande trunfo na equipe reside ainda no Shotcaller e no melhor jogador do mundial de 2014, o campeão mundial Mata. Com pouco tempo para cada jogador criar sinergia e demonstrarem a capacidade de lutas de equipe que outros times chineses possuem, Mata lidera a equipe através de rotações e iniciações em pequenas batalhas isoladas, garantido que apenas em situações extremamente favoráveis uma luta 5×5 seja iniciada. Não é uma aproximação muito característica da região, mas funcionou relativamente bem até aqui e é a esperança da Vici Gaming nos playoffs.

Qiao GU- QG: Snake 2.0

11857741_819975044783135_1916761113_n

            Se a Snake foi a revelação do Primeiro Split, saindo da LSPL e ficando com o segundo lugar na temporada regular, a Qiao GU foi a revelação do segundo Split, conseguindo a mesma colocação. A equipe possuí uma coordenação brilhante em lutas de equipe, e jogadores que misturam talento com experiência.

             A equipe conta com o V na rota do topo, um jogador que demonstra qualidade mesmo sendo obrigado a jogar com campeões tanques na maioria dos jogos devido a estratégia da equipe. A estratégia da equipe é claramente confiar na pressão que o extremamente talentoso Swift aplica no mapa, colocando esse criativo caçador da selva em posição para carregar as partidas e favorecendo ele na fase de draft, onde constantemente sua nidalee é prioridade.  DoingB é o midlaner e a pessoa com menos experiência na equipe, mas através de suas atuações com Viktor e Kassadin vem ganhando reconhecimento e fornecendo apoio a Swift e TcT para que eles consigam carregar a equipe.

            A bot lane da QG é experiente e vem ganhando respeito na china, TcT e TnT (Também conhecido como Mor, da LMQ) trabalham muito melhor juntos do que funcionavam separados, e apesar de TcT manter seu famoso histórico de sofrer diversos abates na partida esses sacrifícios constantemente criam vantagens para TnT que através do uso de seu bom posicionamento auxilia muito no dano da equipe.

            Restam ainda muitas dúvidas sobre a QG, desde sua inexperiência e baixo desempenho em MD5s até o medo de seus apoiadores de que o inexplicável tilt que aconteceu na Demacia Cup, onde a equipe perdeu pra uma LGD que teve de fazer substituições de última hora e utilizar GodV de atirador, se repita nos playoffs.

Representando uma nação

            O competitivo de league of legends na china é um grande campo de batalha em que lutas acontecem a todo instante e sem motivo aparente, resta saber quem serão os representantes da região e se conseguirão manter as boas apresentações que o país vem mostrando nos mundiais. Mais importante que isso, é saber se a região manterá a coroa conquistada no MSI e provará de uma vez por todas que a superioridade estratégica da Coreia não é nada perto da habilidade chinesa.