O domínio coreano no League of Legends é simplesmente algo que não podemos negar. Após a SKT vencer mais um campeonato, fiquei com a enorme necessidade de comentar sobre isto.

Fnatic campeã, Europa no topo!

Acompanho o Lea­gue of Legends desde a primeira temporada. Na época, tivemos uma competição de porte bem menos que temos hoje onde a fnatic saiu vitoriosa. O polonês Shushei simplesmente jogava com uma agressividade implacável.

shushei
Shushei concedendo entrevista após vencer o Mundial da Season 1

Leia: Quem é Shushei

A chegada dos asiáticos

Na segunda temporada os asiáticos entraram no mundo do League of Legends. Times como World Elite da China e Azubu Frost da Coréia faziam sucesso e ganhavam o respeito de todo o mundo. Naquele ano, os russos da lendária Moscow 5 eram ao lado da CLG.eu a grande esperança de todo ocidente para conseguir enfrentar os asiáticos.

Ambos os times foram desclassificados e a final da competição foi decidida entre dois asiáticos: TPA e Azubu Frost. O favoritismo coreano era inegável, ninguém imaginaria que o time de Taiwan chegaria tão longe, e eles conseguiram voar ainda mais alto e foram campeões Mundiais.

Na season 2 ficou claro o início do domínio asiático, ficou claro também que os coreanos realmente eram muito bons neste jogo. Mas tivemos o brilho de um underdog como a TPA evoluir mais que todos no campeonato e ser a equipe campeã.

Faker jogando de Tahm Kench AP Mid
Divulgação: OGN

O início de uma era

Mesmo com o cenário não sendo campeão na Season 2, a Coréia já era novamente vista como favorita para o Mundial. A Samsung de Dade havia vencido o primeiro split da LCK (na época, OGN) e vinha com um grande hype para a competição. Tinhamos tambm a famosa Najin White Shield como uma das equipes mais fortes da competição e a campeã coreana, a SKT1.

Os coreanos já conheciam Faker, já sabiam o que ele era capaz de fazer. No Mundial da Season 3, o mundo conheceu Faker. Ele simplesmente estava anos na frente dos outros jogadores, exatamente, ele estava anos. Faker entendia o jogo de uma maneira que nenhum outro jogador conseguia naquela época, fora isso, mecanicamente ele era simplesmente um monstro.

Veja: Porque Faker é considerado o melhor do Mundo

A SKT T1 foi campeã naquele ano. A final contra a Royal? Foi bem tranquila! Domínio coreano total! A SKT teve realmente dificuldades contra UM oponente: A Najin. Basicamente, a equipe coreana só passou aperto contra outra equipe coreana. Isso foi simplesmente assustador.

Nas próximas temporadas tivemos a Samsung White vencendo o Mundial, novamente contra a Royal na grande final.

Em 2015, tivemos algo inédito, que aparentemente vai se tornar cada vez mais comum: Duas equipes coreanas se enfrentaram na final. SKT vs KOO TIgers jogaram a grande final e era mais um título para a Coréia.

2016, a supremacia coreana CRESCE

Foto: Riot Games
Foto: Riot Games

O Mundial deste ano começou antes dos jogos. Scrims vazadas entre TSM e SKT e o time americano estava se dando bem. Power Rankings colocando Edward Gaming e TSM na frente de equipes coreanas.

Na primeira semana do Mundial, todas as equipes coreanas perderam pelo menos uma partida. Crescia a esperança no público de ver uma campeã de outro cenário.

Porém, o Mundial nunca é vencido por quem chega como o melhor e sim por quem se torna o melhor. As equipes coreanas tiveram uma evolução gigantesca durante a competição.
Eles traziam novos picks para responder as grande escolhas do meta. Não preciso nem comentar sobre a MF suporte de Gorilla né?

Resultado? Na semifinal nós tinhamos 3 equipes coreanas.

Mais uma final com apenas coreanos, mais uma equpe coreana campeã. Aliás, mais um título da SKT, mais um título para Bengi, Faker e Kkoma.

Quem é a quarta melhor equipe do mundo?

Score, jungler da KT
Score, jungler da KT

SKT, Samsung e ROX foram as três melhores equipes deste Mundial. Mas quem seria a quarta? H2k? Royal Never Give Up? EDG?

Bem, a quarta melhor equipe do Mundo nem jogou o Mundial. A KT da Coréia não conquistou a vaga para a competição que acabou ficando para a Samsung.

A LCK mais fácil

Isso me fez pensar, será que a LCK é uma competição mais difícil que o Mundial? Em qual posição a campeã chinesa/europeia/americana ficaria em um torneio apenas com equipes coreanas como é a LCK?

Agora imagine um grupo no Mundial com 2 equipes coreanas, será que outras equipes conseguiriam a classificação?

O domínio coreano chegou em um ponto tão alto que esta é a grande verdade: O mundial é uma LCK mais fácil.