Hoje em sua página oficial de esportes a Riot Games deu um passo importante para o reconhecimento de um profissional que tem uma função extremamente importante em uma equipe competitiva: O técnico. A Riot já havia falado à um tempo atrás que os Coaches dos times iriam fazer parte da LCS e hoje nós fomos surpreendidos com a notícia que os Coaches poderão participar dos Picks e Bans! Confira a Notícia:

Coaches Poderão Participar dos Picks e Bans

A partir da próxima temporada da League Championship Series NA e EU o chefe da equipe de técnicos (Ou o único em alguns casos) será considerado membro da equipe e estará presente e comunicando-se com os jogadores durante a fase de Picks e Bans nos jogos, o que mudará drasticamente a importância dos técnicos, que passarão a interferir não apenas antes das partidas em formação de composições e estratégias mas também serão  responsáveis por criar adaptações rápidas para as composição  no meio do draft.

Além disso, os técnicos principais estarão sujeitos a regrase sanções que  já são respeitadas por todos os membros da equipe ,como respeitos aos outros jogadores e o cumprimento do código do invocador durante suas partidas fora do competitivo , e vão precisar estar presentes em todos os jogos da equipe.

A Riot Games também oferecerá suporte financeiro para as equipes europeias e norte-americanas ,no relevante  valor de $25.000 ( Vinte e cinco  mil dólares ) por Split,  para gastar com um técnico principal ($12.500) e com o resto da equipe técnica da forma que os times julgarem melhor ($12.500).

Apesar de ainda não existirem informações sobre como a situação ficará no Brasil, é seguro imaginar que a Riot Games Brasil  buscará também a profissionalização dos técnicos.

Fonte: LOLeSports