Exemplificação perfeita da expressão de um jogador após rolar o C9!

É mundialmente comum acompanhar um campeonato de Overwatch e, após uma captura controversa de ponto ou objetivo, observar o chat loucamente mandando C9 com os possíveis emotes em sequência. Nossa Overwatch Contenders América do Sul não fica de fora dessa! São milhares de inconformados e inconformadas perpetuando, mesmo que de forma duvidosa, a existência deste que pode ser considerado o maior meme do Overwatch! Agora… O que é C9? Quando é C9? Vamos descobrir hoje!

Durante a primeira metade de 2017, o mundo aguardava ansiosamente pela APEX Temporada 2, campeonato coreano com os melhores jogadores de todo o globo que definia metas e estratégias além de nos proporcionar shows incríveis de habilidade. Porém, nem tudo é perfeito, e foi no fatídico dia 14 de fevereiro que a equipe da Cloud 9, em partida contra a Afreeca Freecs Blue, esqueceu completamente do ponto por duas vezes. Seguidas. E aí… não deu para segurar a comoção popular que imediatamente associou a sigla do time ao ato de deixar o objetivo para trás e ceder a pontuação ao inimigo. O mapa que viu isso tudo acontecer – querendo, no fundo, esconder seus olhos – pode ser visto clicando aqui!
Entretanto, é só esquecer o ponto? É forçar o time inimigo? É perder jogadores? Quando podemos afirmar com clareza que a jogada foi um C9 oficial? Quais as regras da C9 Police?

99% do ponto, última área do mapa?! CORREEE!!! (Foto: Reprodução/OGN)

O C9 se dá quando uma equipe compra uma briga – engage – muito agressivamente ou se estende demais em uma luta e, com isso, cede o ponto ou objetivo ao inimigo gratuitamente. Ou seja: acontece quando uma equipe foca tanto na luta, movimentação ou alguma habilidade suprema que esquece completamente do ponto ou da carga em movimento, tanto para o ataque quanto para a defesa.
Portanto, não é toda captura de objetivo que representa um C9 bem como não é qualquer derrota que acusa um C9. Por conta disso, cuidado na hora de inundar o chat com falso conhecimento!

O que não é C9:

• Executar a tática de zoneamento – fazer pressão territorial para que seu adversário não consiga passar por algum jogador aliado, escudo ou obstáculo – não é forçar um C9.
• Eliminar a maioria ou todos os inimigos para que não haja uma viva alma no ponto não é C9. Nesse caso, se chama habilidade ou vantagem de supremas.
• Possuir um ou dois jogadores vivos que conscientemente não tentam nem entrar no ponto para ativar ou manter a prorrogação não é C9. É desistência precoce, e deve ser curada com uma dose de ânimo pelo líder do time.
• Finalmente, controlar o objetivo com supremas não é C9. É inteligência.

O que é C9:

• Receber um ataque rápido na retaguarda – famigerado dive na backline -, ver todos os seus tanques voltarem para ajudar e ninguém pisar no objetivo é C9. Ao menos alguém precisa ativar a prorrogação ou mantê-la ativa antes da movimentação defensiva ocorrer, preferencialmente alguém do time que possua mais mobilidade.
• Engajar-se em uma luta, esquecer do ponto e liberar espaço para algum adversário entregar a carga/capturar o objetivo ou seu próprio time deixar de entregar a carga/capturar o ponto é C9. E clássico, ainda por cima. Cuidado com isso!

A regra é clara: Surto de Gráviton para segurar o adversário pode! Tá no jogo, tem que usar! (Foto: Reprodução/Blizzard)

Agora, conhecendo as definições, é importante ter em mente como evitar o C9! Além de colocar um post-it colado no monitor escrito “O PONTO PELO AMOR DE DEUS!“, claro.

• Tenha sempre alguém da equipe falando que vai pisar no ponto em situações delicadas. Mesmo que sejam dois ou mais jogadores e isso gere menos tempo de de prorrogação efetiva, é melhor sobrar do que faltar.
Nunca deixe inferido que o objetivo deve ser pisado, ou seja, nunca conte com alguém lembrando de ativar a prorrogação, pois toda sua equipe também pode pensar que alguém está lembrando e… ninguém efetivamente lembrar.

Por fim, é impossível, conceitualmente, forçar um C9, pois isso seria zonear ou controlar o time inimigo – ambas estratégias amplamente conhecidas, válidas e fortes. C9 é sempre um erro e, por conta disso, virou meme. Contudo, é possível avançar e conter os adversários antes do objetivo, claro, desde que sua equipe esteja bem coordenada para não ceder vantagem desnecessária e até gerar um Efeito Bola de Neve ao oponente!

E, por hoje, é isto! Como diria o poeta da música brasileira: Não deixe o ponto morrer, não deixe o ponto acabar! Um grande abraço a todos e a gente se vê semana que vem no próximo artigo e na Overwatch Contenders América do Sul, toda quinta e sábado a partir das 19h! :D