A Riot Games revelou hoje em sua publicação sobre tudo que teremos na atualização de meia-temporada de 2017. Seguindo a mesma linha de 2016, teremos várias mudanças dentro do jogo agora no meio do ano. Tem até um novo Arauto. Veja todas as mudanças!

O novo Arauto

Antes de tudo, vamos começar falando sobre as mudanças no Arauto!

Assim como todo pokémon, o Arauto também evoluiu. Agora o seu buff está totalmente diferente. De acordo com a Riot Games, o bônus do Arauto precisava ficar mais impactante no jogo para competir com os Dragões Elementais.

Veja abaixo nas palavras do Riot Sotere sobre as mudanças:

“Agora, quando o Arauto do Vale volta para o Vazio, ele entrega o Olho do Arauto, um Efeito que fica no seu inventário por alguns minutos e empodera seu retorno enquanto estiver por lá. Ao usar o Olho antes que ele expire você conjura o Arauto de volta para o Rift, mas agora ele está no seu time e vai direto para a rota mais próxima como uma força destruidora de estruturas. Ele chega com tudo, atacando estruturas à distância e causando grandes quantidades de dano. O Arauto transforma a primeira que vir em pó antes de seguir para o próximo objetivo naquela rota.

Para o time inimigo, lutar contra o Arauto na rota é parecido com encará-lo no covil. Ele continua muito tanque, então atingi-lo no olho ainda é a maneira mais rápida de acabar com ele. No entanto, é preciso notar algumas diferenças. Primeiro, ele não está mais interessado em lutar contra Campeões. Embora isso signifique que ele não vai bater de volta (tenha cuidado com danos de efeito em área), também significa que você não vai conseguir impedi-lo de continuar sua destruição. Segundo, toda essa viagem de volta para o Rift deixou o Arauto vulnerável a controles de grupo. Qualquer coisa, desde uma Ligação das Trevas até a Ventania Uivante, vai mantê-lo longe das suas estruturas. Por fim, o dano que o Arauto dá na rota está diretamente ligado à sua vida. Aproveite toda oportunidade para focá-lo.”

Rework dos Tanks

Já havíamos detalhado aqui no Mais e-Sports sobre o que aconteceria nos reworks da Sejuani, Maokai e Zac. Hoje a Riot vem em seu site oficial falar sobre as mudanças.

Rework da Sejuani

“Sejuani tem o potencial de ser líder bárbara e cavalgaria pesada, mas fica devendo nos dois. Ela é quase que totalmente definida pela Prisão Glacial, cujo potencial de virar confrontos de equipe acabou reduzindo o poder das suas demais habilidades. Estamos fazendo Seju depender menos da ultimate e permitindo que ela faça mais coisas impactantes ao iniciar confrontos isolados com sua equipe.

A nova Congelação Permanente engloba as contribuições que Sejuani pode trazer para as lutas e a transforma na líder que ela é. Passivamente, Sejuani e seus aliados corpo a corpo aplicam Congelar em inimigos, mas ao contrário da passiva do Braum, Sejuani não precisa iniciar para que os acúmulos comecem a contar. Quando o alvo atinge o número máximo de acúmulos, basta Sejuani clicar nele para atordoá-lo com Congelação Permanente. Ao atacar um alvo congelado, ela quebra o gelo, causando bastante dano. O ponto alto de Sejuani é em lutas 2v2 ou 3v3, onde ela tem grandes chances de aplicar Congelação Permanente em quem estiver pela frente.

As demais habilidades de Sejuani também estão sendo atualizadas. Congelar agora protege Sejuani (bem, seu javali) quando ela entra na batalha, concedendo resistências extra e imunidade à lentidão. O Mangual dos Ventos Boreais de Sejuani é um combo de duas partes onde ela ataca e acumula Congelar em qualquer direção enquanto Bristle continua se movendo no campo de batalha. Prisão Glacial não atordoa mais toda a equipe inimiga, mas transforma a luta em uma explosão de lentidão que garante à Sejuani a chance de entrar no alcance de Congelar para aplicar acúmulos.”

Solcrushed, Designer de Jogo

Rework do Zac

Por ter habilidades únicas e um caminho recompensador para a maestria, Zac foi onde começamos essa atualização. Estilingue Elástico permite que Zac ataque de grandes distâncias e ângulos inesperados, e os pedacinhos de Divisão Celular representam uma chance de voltar ao combate de uma maneira que não existe igual em League. Dito isso, Zac acaba ficando sem coisas legais para fazer depois que usa suas habilidades empolgantes para entrar na luta. Queremos elevar as demais habilidades do Zac e, para fazer isso, adicionaremos duas novas formas de controle de grupo.

Esticada passará por uma mudança radical: agora, falaremos em EsticadaS. Zac começa esticando sua mão e grudando no primeiro inimigo que estiver pela frente. Quando ele grudar em algo, seu próximo ataque básico é igualmente grudento, e ele usará seu braço molenga para bater os alvos um contra o outro.

Vamos pular! também será renovada. Ao usar a habilidade, Zac vira uma poça de gosma com a opção de carregá-la por alguns segundos. Se atacar sem carregar, ele pulará e empurrará inimigos próximos, mais ou menos como acontece hoje. Se ele permanecer na forma de poça por pelo menos um segundo, as coisas podem mudar totalmente. Ao soltar, Zac prende cada inimigo atingido e os arrasta para um local alvo.

Shrieve, Designer de Jogos

Rework do Maokai

Mesmo no meio dos tanques, Maokai é um Campeão generalista. Não existe situação em que ele é uma opção ruim, mas também não há cenário onde ele é uma ótima escolha. A luta do Ente Retorcido é igual em todas as situações: ele ativa o Turbilhão Vingativo e usa suas outras habilidades no mesmo alvo. Estamos aprimorando as ferramentas de Maokai para que ele seja a árvore certa em algumas situações, mas não em todas.

Em termos de habilidades básicas, as Mudas causam mais dano quando lançadas em um arbusto, agregando valor estratégico à habilidade e mudando um pouco a maneira que Maokai limpa a selva ou onde ele escolhe lutar (cuidado com seus arbustos, Ivern!). Também estamos definindo a identidade de Seiva Mágica como uma passiva que enfraquece magia. Sua passiva agora possui tempo de recarga, e embora Maokai reduza esse tempo usando suas próprias habilidades, apenas habilidades inimigas que o atingirem garantem a redução do mesmo tempo (uma habilidade de cada vez – pode respirar aliviada, galera que causa dano ao longo do tempo). Isso deixa Maokai vulnerável à Campeões que jogam em volta dos seus ataques básicos, como Tryndamere ou Fiora, mas ainda mais resistente àqueles que usam muitas habilidades, como Karthus ou Corki.

A maior mudança que realizaremos em Maokai é na ultimate, que foi completamente refeita. Domínio da Natureza conjura uma parede de raízes que avança lentamente para frente, cada uma delas enraizando (haha) o primeiro Campeão atingido. As raízes possuem um grande potencial em confrontos de equipe, mas sua lentidão exige que Maokai planeje bem quando usá-las. Para encaixá-las bem, ele precisa encurralar os inimigos no caminho das raízes e mantê-los lá até que a natureza siga seu curso.

Beluga Whale, Designer de Jogo Associado

Mais mudanças para a meia-temporada

Não acabamos ainda. Além do Novo Arauto e os Reworks, a Riot Games também anunciou mudanças em itens do jogo. Como vocês já estão acompanhando no PBE, vários itens defensivos vem recebendo mudanças. Hoje a Riot explicou um pouco mais sobre todas elas.

Elmo Adaptivo (nome sujeito à alteração)

Não existe resistência mágica como as encontradas no Coração Congelado e no Presságio de Randuin, dois itens de Armadura cujas passivas foram criadas para pisar no freio do dano sustentado. Como não temos passivas parecidas contra magos, a Resistência Mágica acaba trabalhando duas vezes. RM protege contra todos os tipos de Dano Mágico e é a unica maneira de combater conjuradores de alta frequência, como Cassiopeia. Isso nos deixa em uma posição complicada – não temos ferramentas para fornecer defesas “anti-dano sustentado” que não deixariam os itens completamente opressores contra Campeões que causam muito dano. Por conta disso, acabamos enfraquecendo diretamente magos de dano sustentado porque não existe nada que possamos fortalecer para contra atacá-los sem, ao mesmo tempo, anular todos os outros magos.

Então, usaremos o meio da temporada para criar um item que contra-ataca Dano Mágico sustentado. Quando um feitiço é lançado em você, Elmo Adaptivo reduz o Dano Mágico desse mesmo feitiço por um curto período de tempo. Isso te protege contra habilidades cujo tempo de recarga é muito baixo sem acabar com o efeito de combos explosivos.

Placa Gargolítica (nome sujeito a alteração)

Embora os itens de durabilidade forneçam aos tanques defesa o suficiente para sobreviver à confrontos de equipe, não existe alternativa para Campeões que querem focar seus esforços exclusivamente em lutas 5v5. Placa Gargolítica é a solução. O item mistura Armadura com Resistência Mágica e um ativo que garante Vida extra às custas da redução do dano causado (se você quer duelar, não compre esse item). Quando três ou mais oponentes te cercarem, o item tem seu momento de glória. Ele vai fornecer ainda mais Armadura e Resistência Mágica, além de potencializar o ativo que garante vida extra.

Itens de Vida vs. Itens de Resistência

Os números parrudos em alguns dos nossos itens defensivos permitem que tanques (e não-tanques, como Ekko, Fizz, você entendeu…) tenham uma vantagem tão significativa em sua primeira grande compra que os Campeões que causam dano não conseguem acompanhar. Embora esses itens devessem ser poderosos contra o dano, 500 de Vida proporciona muita sobrevivência contra outros tipos de dano também. Resolvemos transformar parte da Vida em Semblante Espiritual, Capa de Fogo Solar, Couraça do Defunto e Presságio de Randuin nas suas respectivas Resistências, tornando esses itens efetivos contra o dano que devem combater mas menos fortes contra outros tipos de dano. Para compensar, também reduziremos o limiar de Vida da Armadura de Warmog.

Isso também significa que alguns dos nossos itens de Penetração de Armadura precisam ser ajustados. Ao valorizarmos a Armadura, o valor da Penetração da mesma também aumenta. Reduziremos a porcentagem de Penetração nos itens e direcionaremos esse potencial para outros aspectos do ecossistema do Dano Físico, como itens de Acerto Crítico e Roubo de Vida.

Itens Defensivos para Carregadores

Itens defensivos não se limitam aos tanques. Anjo Guardião, por exemplo, é um poderoso item para carregadores que querem combater explosões de dano. No entanto, a maioria desses itens destaca o fator defensivo, fazendo com que sejam uma compra lógica para tanques e não tão óbvia para carregadores. Estamos revendo alguns desses itens para torná-los adequados para carregadores, adicionando o valor defensivo mais em suas passivas e menos em seus atributos.

RiotRepertoir, Designer de Jogos

Contribuições de Equipe

League não é muito bom em reconhecer ou recompensar constribuições de funções que não carregam o jogo. O foco aqui é nos suportes, mas esse problema também inclui Tanques e Campeões que focam em investida dividida. Geralmente, fazer o melhor para o time significa entregar a glória (e o ouro) para carregadores, deixando os demais se sentindo menos importantes.

Clareza na Contribuição

A/M/A e dano causado à Campeões costumam ser as medidas de sucesso mais celebradas entre os jogadores. Estamos elevando a maneira que outras formas de contribuições são medidas e informadas para criar momentos parecidos de reconhecimento.

Adicionaremos novos efeitos visuais em jogo para destacar quem conjurou Feitiços de Invocador e itens ativáveis como Exaustão e Cadinho de Mikael. Efeitos de Controle de Grupo também ficarão mais notáveis: além de reformularmos os ícones de status, os tipos de efeito agora aparecem escritos em cima da barra de vida do Campeão, substituindo os nomes de Invocador até o término do efeito. Por fim, os jogadores receberão um feedback melhor de como anda o trabalho realizado pelos seus itens ativáveis, mais ou menos como o Medalhão registra quanto de dano seu escudo absorveu.

Também adicionaremos estatísticas de fim de partida para indicar o tempo que você aplicou Controle de Grupo nos inimigos, a eficácia do seu posicionamento e limpeza de Sentinelas e quanto dano você mitigou com Escudos e Resistências. Continuaremos aumentando a abragência das estatísticas de fim de partida durante a Temporada e incluiremos fatores como abates evitados, cura realizada em aliados e dano mitigado em aliados.

Rayven, Designer Sênior de Experiência

Missões para Suportes

Geralmente, jogar bem de suporte significa abster-se de ações que garantem ouro e experiência, dois elementos que costumam deixar os Campeões fortes no League. No passado, demos aos suportes itens únicos para compensar o baixo recebimento de ouro, mas isso causou alguns problemas (e, consequentemente, enfraquecimentos) quando outras posições descobriram como abusar dessas itens. Dessa vez, vamos tirar ouro e experiência da mesa e recompensar diretamente os suportes com benefícios poderosos por dominarem seus itens.

Essas missões compartilham a mesma estrutura. Após obter ouro o suficiente através da Passiva Única do seu item de Suporte, ela irá evoluir e garantir um novo efeito:

  • Linha da Moeda Antiga*: Recebe um elixir que garante instantaneamente um ponto de habilidade quando consumido (o nível máximo de habilidade por jogo ainda é 18, então você terminará de botar pontos nas suas habilidades no nível 17). Derrubar Campeões inimigos concede ouro e restaura mana.
  • Linha do Escudo Relicário: Concede um escudo que regenera quando fora de combate
  • Linha do Gume do Ladrão Arcano: Efeito ativado do Tributo dá um impulso de Velocidade de Movimento

*A passiva atual da Moeda Antiga (estar perto de uma tropa quando ela é abatida) é muito chata e não oferece conteúdo para uma missão. Então, decidimos recriá-la. Tropas próximas ocasionalmente derrubam moedas quando abatidas por qualquer aliado, restaurando Mana ou garantindo ouro quando recolhidas. (Após uma moeda ser derrubada, a próxima será do outro tipo). Para completar sua missão, pegue essas moedas.

Riot Colin, Designer Técnico Associado & Limely, Designer de Jogo

Em breve teremos mais novidades! Curta nossa página do Facebook, nos siga no Twitter e Instagram e se inscreva no canal do Mais e-Sports.