Nesta sexta-feira (07), o CBLOL disputou a semifinal do Rift Rivals contra a região da LLN (América Latina do Norte) e conseguiu levar a melhor, ao vencer a série por 3-2 e assim conseguir a vaga na grande final da competição. As equipes brasileiras não tiveram uma fase de grupos dominante igual todos os torcedores esperavam, e assim terminaram na segunda colocação (por critério de desempate).

Formato da semifinal

A MD5 da semifinal desse Rift Rivals vem com um formato diferente do padrão. As duas equipes de cada região alternam entre si em cada jogo da série, e caso chegue ao 5° jogo, os treinadores tem que entrar em consenso para decidir qual equipe é a melhor para decidir a série.

Mesmo com série dificil, CBLOL consegue a classificação

Na primeira partida da semifinal, a Keyd Stars começou enfrentando a tão temida Lyon Gaming, equipe que os guerreiros brasileiros já tinham vencido com certa facilidade na fase de grupos. Dessa vez a Lyon conseguiu sua vingança e venceu a Keyd Stars, abrindo o placar da série para a LLN.

Na segunda partida do dia, a Red Canids enfrentou a Just Toys Havocks, até então a pior equipe da competição, não conseguindo vencer nenhuma partida na fase de grupos. A Matilha não deu bobeira e manteve a má fase de seus inimigos, conseguindo a vitória da partida e o empate da série para o CBLOL.

Na terceira partida foi o momento de redenção da Keyd Stars, enfrentando também a Just Toys Havocs. Os guerreiros tiveram uma partida mais complicada do que a Red Canids, mas mesmo com toda a resistência da Just Toys, a Keyd Stars consegue vencer a partida e assim deixar o CBLOL a uma vitória da grande final. A Just Toys no momento já contabilizava 6 derrotas na competição.

Na quarta partida a Red Canids enfrentou a Lyon Gaming. A Lyon teve um começo de jogo muito bom e conseguiu abrir uma boa vantagem pra cima dos brasileiros. Mesmo com algumas boas lutas, a Red Canids não conseguiu segurar a partida até um ponto onde sua composição tivesse boas condições de lutas. A Lyon Gaming vence a Red Canids e leva a série para a quinta e última partida.

Na quinta e última partida, as equipes tinham que entrar em consenso para decidir qual time iria representar a região na partida decisiva. Por parte da LLN a escolha parecia mais fácil e obvia, já que a Just Toys não tinha ganhado nenhuma partida na competição, já do lado do CBLOL a Keyd Stars acabou puxando a responsabilidade e assumindo o jogo decisivo.

Em um jogo disputado, a Lyon começou botando bastante pressão no topo, com dois ganks que resultaram em abate pra cima do Yang. Mesmo com um começo não muito bom, a Keyd conseguia boas lutas e assim conseguia manter o controle do mapa e garantir todos os objetivos da partida. Com uma ótima atuação do capitão, a Keyd Stars conseguiu se vingar da derrota no primeiro jogo da série, vencendo a Lyon Gaming e assim garantindo a vaga na final para o CBLOL. A partida teve um longo pause no final por conta de problemas no computador do Yang, mas quando o jogo voltou a Keyd já estava com um ace em suas mãos.

O CBLOL enfrenta a CLS (América Latina do Sul) neste sábado (08) em busca do título da competição. Você pode conferir a cobertura completa deste Rift Rivals, com tabela, datas e horários, replays, histórico de partidas e muito mais aqui.