Com o Mundial de 2017, que será realizado na China, se aproximando e com 22 dos 24 times já classificados, todo o foco é para esse evento que vem recheado de novidades.

Estádio Nacional de Beijing, local da grande final do torneio.

Entre essas novidades, 12 times disputarão a “Fase de Entrada” que, em linhas gerais, é um pré torneio onde quatro grupos serão formados e a partir deles, 8 times serão efetivamente classificados ao grande evento do ano. Para ter um exemplo, a campeã do CBLOL 2017 Team One estará nesse play-in, assim como Team WE da China e Gambit Gaming da Rússia, por exemplo.

Porém, a regra em relação aos reservas permaneceu a mesma que tivemos nas últimas edições e também no MSI 2017, realizado no Brasil: apenas um jogador extra poderá ser inscrito na competição, de modo que diversas equipes precisem abdicar de jogadores vitais pouco tempo antes do início do Mundial, marcado para o dia 23/09/2017.

Nesse cenário, a atual campeã do mundial e MSI, SKT T1, poderá inscrever apenas um dos seus três reservas: Blank (jungler), Huni (Top) ou Sky (mid), sendo que cada um deles possui um estilo próprio de jogo e agrega muito em questão estratégica para o time. Durante a LCK, o time utilizou constantemente Huni e Blank durante todas as séries no lugar de Peanut e Untara.

Apenas 6 dos 8 jogadores da SKT poderão ser inscritos no Mundial 2017

Além da SKT, outros times já classificados utilizam muito a estratégia de reservas para surpreender adversários e criar novos panoramas para as partidas. EDG, Samsung e Team Dignitas são alguns dos exemplos que possuem uma grande variação de estratégias e terão que fazer concessões para o mundial de 2017.

Porém, do outro lado, muitos times não possuem essa grande variedade de opções em sua lineup e muito dos que defendem o modelo de apenas um reserva afirmam que o “gap” entre os times menores e as grandes potências do League of Legends pode ser diminuído se todos possuírem os mesmos recursos em um campeonato tão importante quanto o Mundial.

Independentemente das divergências em opiniões, falta menos de um mês para o mundial e com quase todos os times participantes já classificados, a hora de estudar composições e estratégias para definir quem jogará o campeonato deve começar imediatamente.