Aconteceu na noite da última quarta-feira (14), a última rodada de jogos da ESL Pro League Season 8 NA, e os 3 times brasileiros que participam da competição jogaram duas partidas MD1 cada para definirem seus futuros no qualificatório online. O MIBR, que já entrou no servidor classificado, enfrentou a CompLexity Gaming e venceu seus 2 jogos, enquanto a INTZ dividiu a série com a Rogue e garantiu a última vaga para as finais presenciais que acontecem em dezembro na Dinamarca. Já a Luminosity Gaming perdeu para a eUnited e foi rebaixada para a MDL Season 30 (considerada a segunda divisão da Pro League)

Os Jogos

INTZ x Rogue

A INTZ brigava pela última vaga das finais presenciais da ESL Pro League Season 8, e precisava de 4 pontos em 2 jogos para estar matematicamente classificada sem precisar de outros resultados.

O primeiro mapa foi Dust 2 e a INTZ começou de CT. A Rogue venceu o primeiro pistol e logo de cara abriu uma vantagem de 5-1 no placar. A dominância norte-americana continuou, e o placar chegou a ser de 8-1, porém os brasileiros conseguiram manter a calma, e mostraram um bom poder de reação, vencendo 5 rodadas seguidas e virando de lado perdendo por somente 9-6. Jogando agora de TR, a INTZ garantiu o segundo pistol e os anti-ecos seguintes, empatando o jogo em 9-9. Com excelentes execuções do lado ofensivo, e não cometendo os mesmos erros do half anterior, a INTZ venceu o mapa por 16-12.

A classificação acabou vindo antecipadamente com essa vitória, já que a Cloud 9 havia perdido para a NRG minutos antes, sacramentando matematicamente a presença da INTZ nas finais na Dinamarca.

O segundo mapa foi Inferno e a INTZ iniciou de CT. Os norte-americanos começaram a partida muito bem, vencendo o primeiro pistol e abrindo uma vantagem de 5-1 no placar. A Rogue continuou vencendo rodada após rodada, e se viu em uma situação muita confortável, virando de lado vencendo por 12-3. A equipe do veterano Spencer “Hiko” Martin ainda venceu o segundo pistol, chegando ao match-point de 15-3. A INTZ começou a ensaiar um comeback, e começou a vencer várias rodadas seguidas, mas de nada adiantou, e a Rogue venceu o mapa por 16-12.

MIBR x CompLexity Gaming

Se o MIBR não anda vindo bem nas LANs, os brasileiros estão dominando nos qualificatórios online. O Made in Brasil venceu os norte-americanos nos 2 mapas e terminaram a ESL Pro League Season 8 NA em primeiro lugar na classificação geral.

O primeiro mapa foi Mirage e o MIBR começou de CT. Os brasileiros tiveram um inicio avassalador, e não deram chance alguma aos adversários. Com uma defesa fortíssima dos bombsites, o Made in Brasil chegou a liderar por 11-1 e venceu a primeira metade com tranquilidade por 13-2. A CompLexity Gaming até conseguiu vencer o segundo pistol e o anti-eco seguinte, mas assim que o MIBR teve dinheiro em suas mãos, venceu 3 rodadas seguidas para fechar o jogo, garantindo a vitória por 16-5.

Passando para a Inferno, o MIBR iniciou de TR. Logo de cara os brasileiros abriram uma vantagem de 4-0, e parecia que teríamos outra vitória tranquila, porém a CompLexity começou a melhorar no jogo, e empatou a partida em 5-5. Vendo sua vantagem desaparecer, o Made in Brasil acordou, e venceu a metade por 9-6. O MIBR até conseguiu garantir o pistol, porem a CompLexity ganhou o forçado seguinte e emplacou 6 rounds seguidos, virando o placar para 12-10 a seu favor. Liderados pelo AWP Gabriel “FalleN” Toledo, a equipe brasileira reagiu, e foi a sua vez de vencer 6 rodadas seguidas e fechar o mapa por 16-12.

Luminosity Gaming x eUnited

A Luminosity se encontrava em situação muito diferente dos seus compatriotas. Os brasileiros jogaram contra os norte-americanos da eUnited tentando escapar do rebaixamento automático para a MDL Season 30 (considerada a segunda divisão da Pro League),

O primeiro mapa foi Overpass, e os brasileiros foram atropelados. A eUnited começou do lado TR e abriu uma vantagem de 9-0 no placar. A Luminosity Gaming parecia perdida na partida e nada dava certo para a equipe dos gêmeos Lucas1 e Hen1, e a LG virou a metade perdendo por 13-2. Agora de CT, a eUnited venceu o segundo pistol e fechou com facilidade o jogo por 16-2.

O mapa seguinte foi Cache, e a LG começou de TR. Os brasileiros venceram o primeiro pistol e os anti-ecos seguintes, abrindo 3-0 no placar, porém os norte-americanos logo responderam- empatando a partida em 3-3. Em uma metade muito disputada, a eUnited levou a melhor, vencendo por 8-7. A Luminosity garantiu o segundo pistol e virou o placar para 9-8 a seu favor, porém os norte-americanos, agora jogando de TR, foram superiores, e venceram o mapa por 16-11, rebaixando os brasileiros para a MDL Season 30.

Confira como ficou a tabela final da ESL Pro League Season 8 NA:

1° – MIBR: 55 pontos (Classificado para as finais presenciais)
2° – Ghost Gaming: 46 pontos (Classificado para as finais presenciais)
3° – Team Liquid: 40 pontos (Classificado para as finais presenciais)
4° – NRG: 40 pontos (Classificado para as finais presenciais)
5° – Renegades: 38 pontos (Classificado para as finais presenciais)
6° – INTZ: 32 pontos (Classificada para as finais presenciais)
7° – eUnited: 32 pontos (Vaga direta para a ESL Pro League Season 9 NA e 17.000 dólares)
8° – Cloud 9: 29 pontos (Vaga direta para a ESL Pro League Season 9 NA e 16.000 dólares)
9° – CompLexity Gaming (Vaga direta para a ESL Pro League Season 9 NA e 15.000 dólares
10° – Rogue: 23 pontos (Playoffs de rebaixamento e 14.000 dólares)
11° – Envy: 20 pontos (Playoffs de rebaixamento e 13.000 dólares)
12° – Luminosity Gaming (Automaticamente rebaixada para MDL Season 30 e 12.000 dólares)

As finais presencias da ESL Pro League Season 8 acontecem entre 4 e 9 de dezembro em Odense na Dinamarca, e tem uma premiação de 750.000 dólares