- Publicidade -

Neste domingo (09) aconteceu mais uma final de Rift Rivals, dessa vez com algumas das regiões mais fortes do mundo. A LCK (Coreia do Sul) foi derrotada pela LPL (China) na final da competição.

Equipes Participantes

LMS: AHQ, Flash Wolves, J Team e Machi
LPL: Team WE, OMG, Royal Never Give Up e EDward Gaming
LCK: SK Telecom T1, KT Rolster, Samsung Galaxy e MVP

Fase de grupos

A LCK mostrou total dominância na fase de grupos, com seis vitórias e apenas duas derrotas. Com o resultado a região foi classificada diretamente para a final da competição. A região da LML ficou com quatro vitórias e quatro derrotas, enquanto que a LPL ficou com apenas duas vitórias, e 6 derrotas.

Dia 1

J Team 0 x 1 Samsung Galaxy
MVP 0 x 1 OMG
Samsung Galaxy 1 x 0 EDward Gaming
Machi 1 x 0 OMG
ahq 0 x 1 Royal Never Give Up
Flash Wolves 0 x 1 SK Telecom T1

Dia 2

Machi 0 x 1 MVP
KT Rolster 1 x 0 Royal Never Give Up
J Team 1 x 0 EDward Gaming
Flash Wolves 1 x 0 Team WE
ahq 1 x 0 KT Rolster
SK Telecom T1 1 x 0 Team WE

* Você pode assistir os replays de todas as partidas clicando nos resultados.

Semifinal e Final

A julgar pela campanha na fase de grupos, todos já esperavam uma final entre LMS e LCK, porém em uma série muito disputada a LPL acabou surpreendendo a todos e vencendo por 3-2.

Semifinal

J Team 0 x 1 Team WE
Flash Wolves 1 x 0 OMG
ahq 1 x 0 EDward Gaming
Machi 0 x 1 Royal Never Give Up
Flash Wolves 0 x 1 Team WE

* Você pode assistir os replays de todas as partidas clicando nos resultados.

Na grande final da competição, a LPL teve que enfrentar a tão temida LCK, e ai mais uma vez os chineses surpreenderam, derrotando a melhor região do mundo por 3-1 e assim levando o título do Rift Rivals para a China.

Final

Samsung Galaxy 0 x 1 EDward Gaming
Sk Telecom T1 0 x 1 Team WE
KT Rolster 1 x 0 OMG
MVP 0 x 1 Royal Never Give Up

* Você pode assistir os replays de todas as partidas clicando nos resultados.

Com a vitória a China se junta a lista de regiões campeãs da primeira edição do Rift Rivals, e também mostra que é uma região totalmente capaz de bater de frente com a Coreia, e quem sabe derrubar seu reinado.