O suporte Caio “Loop” Almeida conversou com a imprensa após a derrota da paiN Gaming para a CNB na terceira rodada do CBLoL.

Quais foram os erros da paiN nessa série?

“Acredito que nosso maior erro tenha sido não ter conseguido finalizar o primeiro jogo. Acho que isso foi decisivo para a série. A gente deixou eles pegarem a mesma coisa no terceiro jogo então talvez tenha tido uma falha na questão do Draft. Mas se a gente finaliza o primeiro jogo, que o earlygame estava muito ao nosso favor, a gente teria uma série bem clean.”

O fato de ter deixado o Corki open no último jogo alterou o resultado? Qual era a ideia em volta disso? 

“Com certeza alterou. Eles estavam muito confortáveis com esse pick. Eu diria que a gente estava confiante que iríamos encaixar o earlygame como foi no primeiro jogo, com o draft favorável que a gente teve. Mas a gente não conseguiu encaixar o earlygame nem chegar no ponto de conseguir finalizar o jogo mais cedo, que era o nosso propósito. Era deixar o Corki open, abusar das desvantagens dele no começo, pegar uma vantagem e finalizar o jogo.”

Foto: Riot Games

Você acredita que tenha tido uma diferença muito grande entre o Robo e o Rakin para a preparação da equipe nessa semana? Robo e Yampi foram as ‘chaves da vitória’ da CNB?

“Sempre que há uma mudança de jogador em um time existe aquele período lua de mel né. Eles ficam com mais disposição, com um gás maior e isso com certeza tem um efeito positivo para eles. Não só no sentido de melhorar o jogador, pois acho o Rakin um jogador de altíssima qualidade também. Quando você muda atmosfera do time você tem uma melhora na performance pois todos ficam mais dispostos com a mudança. Acho que isso foi o fator. Não pelo fato de ser Yampi top e Robo mid, mas sim pela mudança.”

Pensando nas próximas semanas, você acredita que a situação atual da paiN é preocupante? Como será a preparação de vocês para os próximos desafios?

“Estamos em uma posição ruim na tabela e é difícil. É uma questão preocupante sim. Mas a gente já mostrou bons jogos, já mostramos que podemos ganhar jogos até dos times mais fortes, como mostramos um jogo muito bom contra a KaBuM (que é a primeira colocada). Mas é questão de pegar esses jogos e analisar como nós faremos para ter esses jogos bons e aplicar todas as vezes. Já mostramos que temos potencial, habilidade e capacidade suficiente, mas mostramos inconstância, então é ser mais constante.”

Acompanhe a tabela, datas e horários dos jogos e tudo mais do CBLoL na Cobertura do Mais e-Sports.

*Entrevista realizada em parceria com Felipe Gonçalves.