Na primeira semifinal do Circuito Desafiante 2019, a favorita RED Canids Kalunga acabou sendo derrota pela Team oNe, e ficará de fora da grande final do torneio. Após a derrota, Felipe “YoDa” Noronha, Gabriel “Revolta” Henud e o treinador Jean-François “Nuddle” Caron participaram da coletiva de imprensa. Confira:

Após todo o hype criado e a derrota, como fica todo o planejamento do time?

Yoda: Eu não acho que deu tudo errado, acho que nós sempre colocamos desde o inicio que era um projeto a longo prazo. Obviamente pelo desenvolvimento da equipe, dos jogos, nós tínhamos expectativas muito altas, não só a torcida, mas nós também. Entramos com a cabeça de que iriamos ganhar, que provavelmente seria um 3-0, pensamos também que poderiam ser mais jogos. Com o que temos nós conseguimos dar a volta por cima, muitas vezes a derrota pode unir um time, então eu vejo por outro lado, eu vejo que não era pra ser agora e provavelmente pode ser neste final de ano.

Revolta: Eu concordo com ele, eu não acho que deu tudo errado. Se você comprar o que falavam da gente no começo do Split, que todos falavam que ficaríamos lá pelo quarto lugar e acabamos ficamos em primeiro. O nosso desenvolvimento no campeonato foi muito bom, nós éramos um time muito inexperiente em playoffs e isso pesou bastante. Foi um aprendizado muito grande, toda derrota é um aprendizado, mas isso era necessário para esse grupo.

Nuddle: Bem sobre essa série, com certeza não planejamos chegar aqui e perder, acredito que em qualquer outro dia poderíamos ter vencilho eles. Acredito que somos um time melhor do que fomos hoje. Nos preparamos, sabíamos o que eles iriam fazer mas eles executaram bem com as janelas que tiveram e isso é o League Of Legends. Como eles falaram, esse Split não foi em vão pois nós tínhamos jogadores que  nunca haviam jogado playoffs em suas vidas, jogadores que apareceram agora com 17 anos de idade, eles ainda são crianças. Para a organização, para o time, como falei, é um processo que infelizmente não será da maneira que queríamos, pois obviamente o nosso objetivo principal era chegar no CBLoL, para evoluirmos e nos tornarmos um time melhor a cada semana, mas hoje foi o que aconteceu.

O hype e favoritismo atrapalharam a RED? Yoda você pensa em continuar?

Yoda: a primeira pergunta é muito individual, eu não posso assumir por todos do grupo, como o Nuddle disse nós temos crianças no time, mas eu posso dizer um talvez, talvez o hype tenha mudado alguma coisa. Pessoalmente não, eu já estou acostumado. O que mais pegou para mim foi essa volta, eu fui impactado em relação a tudo que aprendi em 2017 que não serviu muito para agora, então tive que aprender o novo League of Legends, tive que me readaptar a um novo time, um novo jogo, isso foi o que mais me pegou, mas em relação ao Hype eu já estou acostumado. Sobre continuar jogando eu não sei ainda, vai depender muito do conjunto da RED, se eu continuar  jogando vai ser com eles e só com eles que vou continuar, eu não quero ir para nenhum outro time, eu não me sinto preparado para isso, eu aceitei jogar porque eu sabia do elenco, da organização, de toda a história, obviamente tiveram outros eventos internos pessoais, mas isso foi o que mais me fez voltar a competir. Eu vou conversar com os meninos, com a staff, com o Nuddle, sabemos que a equipe pode mudar ou não então eu não consigo te dar uma resposta 100% certa, mas se eu continuar será com a RED, isso é certo.

Vocês stomparam o segundo jogo, mas não conseguiram ter um desempenho tão alto nos outros jogos. O que aconteceu?

Nuddle: Acho que a grande diferença entre o jogo 2 e o resto da série é que no jogo 2 nós cometemos menos erros e abusamos das janelas que tínhamos. Falando sobre o primeiro jogo, o cenário era bem semelhante em minha opinião, mas meus líderes em jogo precisavam tomar iniciativa, isso aconteceu no jogo 2. Sacy como de costume, fez o jogo ser em torno dele, para que os jogadores jogassem em volta dele e ele criasse a bola de neve a partir disso. Para mim foi diferente nos jogos 3 e 4, onde tivemos vantagens, tivemos oportunidades mas não usamos elas para criar a bola de neve. No jogo 1 foi muito similar, a nossa bot lane estava muito na frente e decidimos inverter no mapa e por causa disso perdemos toda a vantagem que havíamos construído. Então como um time é aprender a jogar quando você tem as condições e os líderes precisam aceitar o seu papel e carregar o time e para mim essa foi a grande diferença do jogo 2 para o jogo 3 e 4.

Por que vocês deixaram a Rek’Sai do 4LaN aberta? Vocês se arrependem disso?

Revolta: É difícil responder uma pergunta dessa porque toda vez que você vai jogar contra um time existem campeões que você fala “ok não queremos que eles peguem esse campeão, mas esse outro está tudo bem se escolherem”. Rek’sai pode ser um campeão confortável dele, porém não acho que ele foi tão impactante assim, como um time eles foram superiores a nós e isso que importa. Em nenhum momento algum pick deles definiu algo, não era sobre o pick que eles tinham, a série foi definida pelo estado do time, então não tenho nenhum arrependimento sobre ter deixado Rek’Sai, pra mim eles poderiam ganhar com qualquer outra escolha pelo estado do time.

Nuddle: Muitos times têm preferências pela maneira com que eles jogam o jogo. Como falei antes, estávamos preparados para jogar contra a maneira como eles jogam e o ban do Braum, por exemplo, foi totalmente por causa disso. Se deixarmos o Braum disponível, a maneira com que eles utilizam o campeão iria deixar o jogo pior ainda. Em alguns jogos específicos nós banimos a Lissandra, mas decidimos deixar abeta no último jogo pois acreditamos que isso nos traria vantagem no match up do mid, o que tivemos pois tecnicamente no último draft nós tivemos três lanes vencedoras em minha opinião, ou seja, jogamos no limite e utilizamos as janelas que nos foram dadas. Nós seríamos o time que iria controlar o jogo, não usamos essas janelas, realizamos um erro, eles pegaram quatro barricadas e o jogo virou uma bola de neve.

Vocês ganharam muitas partidas em MD1. O fato de ser MD5 atrapalhou um pouco?

Revolta: Atrapalhou um pouco sim, pois nós somos um time muito novo, eu acho que só eu joguei muitas MD5, então não é só uma pessoa que vai definir como vai ser a série, vários fatores impactam muito, jogo que cada pessoa que vai e o porquê cada pessoa vai jogar, tudo isso impacta muito em uma série e o fato de ser uma MD5, até de ser no estúdio mesmo já conta muito, jogamos a fase regular inteira da GH e temos pessoas muito novas no nosso time. Então o fato de ser uma MD5 naturalmente afeta sim.

Ter um elenco vasto com várias opções ajudou ou atrapalhou?

Yoda: Sendo bem sincero para o time eu achei muito bom ter os reservas, nós não teríamos feito uma campanha tão boa na fase de grupos se não fosse isso, nós tivemos uma versatilidade muito grande e querendo ou não o LEP teve um problema pessoal e o Guigo supriu isso muito bem, eu tinha acabado de voltar e o Avenger estava em um pique muito bom para o começo, mesmo eu tomando a punição dos quatro jogos por ter sido inscrito depois, provavelmente ele jogaria mais jogos do que eu, pois eu estava voltando. Pessoalmente falando eu acho que se eu fosse titular absoluto eu teria mais chances de me desenvolver melhor, melhorar o meu desempenho, mas eu não acho que isso é um fator que eu precise pensar como algum motivo para termos perdido o campeonato, acho que eu poderia ter melhorado mais rápido se fosse só eu ali.

Nuddle: Entramos com uma line que teve bastante sucesso durante todo o Split, mas com certeza de certo modo era uma aposta, pois não sabíamos como eles iriam reagir ao palco e obviamente a maneira com que eles reagiram não foi da maneira que esperávamos, esse é um dos fardos de ter uma line com vários jogadores então nós continuamos confiantes na outra line-up que entraria e por isso colocamos o Yoda e Lep no segundo jogo, estávamos confiantes que poderíamos vencê-los. É como falei para o time nessa semana , todos no meu time participaram neste Split, mas claro que quando são playoffs tudo é diferente, então decidimos ir atrás de mais estabilidade e experiência, e no final como eu falei teve vários erros que cometemos e não deveriam ter acontecido, demos vantagem para eles, eles á utilizaram e venceram.

Yoda você comentou sobre sua evolução não sendo o titular. Caso continue jogando na RED, você seria o titular?

Yoda: Como eu disse, eu só continuo jogando se for o mesmo elenco, então em uma conversa que teremos depois eu não me importaria em continuar dividindo a posição com o Avenger, acho que é muito de como vamos lidar nos nossos passos, então é uma pergunta que não posso te responder agora, mas com certeza eu me daria muito bem sendo titular absoluto, acho que eu estou bem melhor agora.

 

A final do Circuito Desafiante será entre a Team oNe a paiN Gaming. Você pode acompanhar a cobertura completa da competição aqui no Mais Esports.