Adrian “mandiocaa1” Augusto não conta mais com um perfil na Twitch, plataforma na qual streamava desde julho de 2018. A empresa deletou a conta do streamer após as exposições realizadas pelo grupo Sheol666 nas primeiras horas dessa quinta-feira (23).

O grupo divulgou diversas mensagens trocadas em um servidor do Discord, no qual mandiocaa e outras pessoas participavam. Por lá constam conteúdos de teor racista, misógino e pedófilos com envolvimento direto do streamer.

Perfil de mandiocaa é excluído da Twitch (Foto: Captura de tela)

Na manhã dessa quinta-feira (24), mandiocaa falou sobre o caso no Twitter. O streamer falou sobre o conteúdo divulgado e disse: “Sobre a misoginia, esse sim, eu me responsabilizo cem porcento. Não quero tentar me justificar aqui, mas nessa época eu nem streamava, e sim, eu fui bem escroto”.

A streamer Luiza Carvalho, citada pelas mensagens vazadas pelo grupo, postou no seu perfil do Twitter: “Não digo nada a respeito, apenas que as medidas judiciais serão tomadas”.

O Mais Esports entrou em contato com a Twitch que declarou que “por respeito à privacidade de seus usuários, a Twitch não comenta sobre casos de streamers individualmente”.