Na última rodada do CBLoL, o Mais Esports conversou com exclusividade com o Mid Laner da paiN Gaming, Thiago “Tinowns” Sartori. O jogador comentou sobre a Semana 2 do CBLoL, perspectivas da equipe e sobre a dupla Ayel e Yang, da rota do Topo.

Tin, a paiN recentemente veio do Circuito Desafiante, junto com a Team One. O que você tem sentido do nível do CBLoL, e também comparando com do Circuitão? Esse “gap” diminuiu ou aumentou?

Têm times muito bons no Desafiante, mas não são todos. Existe um Top3 que tem nível de disputar o CBLoL, mas exceto eles, o resto não tem nível. Com esses três times está bem equilibrado.

Nosso time (paiN), se disputássemos o CBLoL no split passado iríamos concorrer ao título, e agora estamos reformulando, o Djoko voltou, estamos nos encaixando de novo. Tem tudo para dar certo, temos um elenco muito bom, entraram o Dionrray e o Yang, só acrescentamos coisas boas, então viemos para brigar pelo título, com certeza.

Junto com a paiN, você disputou o Circuitão por cerca de um ano. O que isso adicionou ao “Tinowns” e ao “Thiago Sartori”?

Você aprende muita coisa, porque você fica até acostumado a disputar o CBLoL, fica numa zona de conforto. E quando você vai jogar o Desafiante, você entra numa zona que nunca jogou, é uma sensação totalmente diferente, a pressão é muito maior do que jogar o CBLoL, e isso tudo me ajudou muito a crescer como jogador e pessoa. Não vou saber dizer “no que” exatamente, mas foi uma fase muito difícil.

Como eu passei um ano no CD, você acaba refletindo bastante, pensando no que você fez de errado, o que pode melhorar. Então foi uma fase de reflexão, com um pouco de pressão, e agora estamos de volta.

Os jogadores da paiN afirmaram em entrevistas que o time ainda está se construindo. Como é isso, já que vocês mantiveram os jogadores e só adicionaram o Yang e o Dion? Como “perde gameplay” da final do CD para a estreia do CBLoL?

Estávamos com uma rotina muito pesada no Circuitão. Como eu falei, era muita pressão, então qualquer erro, qualquer falha, não deixávamos passar e resolvíamos na hora. Nesse começo de CBLoL acredito que nos tenha faltado um “clique”. Tomamos um baque quase perdendo para a CNB e perdendo muito feio para o Flamengo, e agora vamos tentar resgatar o que tínhamos no CD. Nós deixamos algumas coisas de lado, tiveram essas férias entre a Final de um e estreia do outro e perdemos algumas coisas. Mas não vejo como um grande problema.

Como você falou, estávamos jogando muito bem, tudo encaixado e agora só acrescentamos coisas, então é ver um errinho ou outro, ou algo que alguém esteja deixando de fazer e que está faltando para o time e encaixar tudo de novo.

A paiN fez 2×0 neste fim de semana, justamente quando o Djoko estava mais presente e veio com vocês ao palco. Vocês sentem que estão jogando melhor, ou ainda falta bastante?

Melhoramos bastante, sim, da primeira semana. Estávamos um pouco desorganizados em questão do draft, em como queríamos jogar… Pequenas coisas que não estávamos fazendo antes, mas voltamos a fazer. O Djoko foi um cara muito importante para isso. Já que ele estava afastado e agora voltou, ele citou os pontos que não estávamos fazendo mais, mas que eram muito bons para o time. Agora estamos voltando ao caminho certo, então acredito que daqui uma ou duas semanas tudo vai voltar ao normal, ao time que éramos no Circuitão.

Temos muito caminho pela frente, mas acho que vamos voltar rápido.

Sobre o Ayel e o Yang. Coincidência ou não, o Yang esteve presente na derrota para o Flamengo e a difícil vitória contra a CNB. Já o Ayel jogou as duas vitórias contra Uppercut e Team One. Qual o veredicto após dois jogos com cada um?

A gente meio que esperava por isso, que acontecesse algo do tipo, porque estávamos usando muito o Yang para ele se adaptar, mas acho que não demos o tempo necessário para ele, estávamos treinando muito com o Yang e pouquíssimo com o Ayel. No momento, não acho que ele (Yang) esteja bem encaixado com o time, diferente do Ayel que está acostumado, venceu o Circuitão conosco.

Nós utilizamos o Yang na primeira semana para testar, ver como ele se saia, e não foi dos melhores resultados. Agora na segunda semana, optamos pelo Ayel por ele já estar adaptado, é um estilo mais explosivo dele para colocar no nosso jogo, mas agora vamos continuar usando os dois, não sabemos quem vamos usar na semana que vem, e vamos nos adaptando um ao outro e vamos ver quem é melhor daqui para frente.

Em quais situações o Ayel poderia se encaixar melhor, e quais o Yang se encaixa melhor?

Não acho que tenha uma situação específica, depende mais de quem se encaixa melhor ao nosso estilo de jogo. Querendo ou não, o Yang entrou num time que tem personalidades fortes, a gente tinha um estilo de jogo setado, e ele veio de um time totalmente diferente, não estava em boa fase. Então é uma questão de adaptação, não tem “o” estilo bom do Ayel e do Yang, acho que os dois jogam de tudo, ambos conseguem se adaptar, é só uma questão de tempo.

A paiN fechou o segundo fim de semana de CBLoL com duas vitórias, e agora está empatada na liderança com Flamengo, KaBuM e Redemption. Justamente contra esses dois últimos, a equipe da Tradição irá medir forças na próxima Semana. No sábado pega os gaúchos e no domingo, os Ninjas.