- Publicidade -

No último domingo (4) já garantida em 1º lugar na tabela da LCS, a Team Liquid fez uma composição curiosa para sua partida contra a TSM: Volibear, Nunu, Anivia, Ashe e Braum. Com exceção do jungler, o draft montado remeteu à composição Glacial do Team Fight Tactis.

Apesar da composição incomum, a TL não teve problemas para despachar a TSM e conquistou a vitória aos 30 minutos de partida. As escolhas, inclusive, lembraram a G2 da LEC, que também faz picks curiosos em seu torneio, para testar os limites de seus jogadores e do time como um todo.

No TFT, o auto chess do LoL, Ashe, Braum, Voli e Anivia são campeões de classe Glacial, e para conseguir seu bônus, o jogador precisa dois, quatro e todos os seis campeões para conseguir 25%, 35% e 45% de chance de atordoar os inimigos, respectivamente. Lissandra e Sejuani completam a classe.

Confira a cobertura completa da LCS no Mais Esports.

Artigo anteriorFortnite: “Champion Series” é o novo torneio milionário da Epic
Próximo artigoCBLoL 2019: Duas equipes, dois estilos
Wow, você chegou até aqui? Isso significa que a matéria ficou legalzinha pra ler até o fim (Ou era sobre seu jogo favorito/time do coração, e tudo bem também) Eu sou Vitor Ventura, sou jornalista formado pela Universidade Mackenzie e trabalho com Esports desde 2016. Eu jogo League since 2015, e outros joguinhos também. Tenho duas tatuagens no braço direito, uma do Zelda e outra do Final Fantasy VIII. Fã de JRPG, jogo desde os meus 3 anos de idade e gosto de dizer que trabalho com meu sonho: Escrevo, falo sobre e viajo por conta de "joguinho"!