Murilo “takeshi” Alves, um dos jogadores mais antigos do LoL brasileiro, não deu certeza se continua com a sua carreira no League of Legends. Em coletiva para a imprensa depois da derrota contra a INTZ nesse domingo (4), o mid laner citou sobre a sua história, o seu futuro e a situação da equipe da Team oNe depois do rebaixamento matemático para o Circuito Desafiante.

“Eu sei que eu gosto de jogar LoL porque eu tô aqui há muito tempo”, comentou Takeshi. “Sempre encaro os desafios de peito aberto então não tenho problema quanto a isso. Se for pra parar agora, eu vou parar de cabeça erguida, se for pra continuar também. Continuo de peito aberto e de cabeça erguida. Não consigo te falar agora exatamente se vou continuar ou não, também depende de muitas outras coisas que acontecem e se não acontecerem. Então não tenho como te dar essa resposta.”

“Eu tenho total certeza de que a gente lutou o máximo possível e que qualquer desafio que for colocado na minha frente eu vou batalhar pra conseguir vencê-lo”, cita.

Team oNe - CBLoL 2019
Foto: LoL Esports BR

Takeshi e a Team oNe

Sobre a equipe da Team oNe, Takeshi também não trouxe nenhuma confirmação ou planejamento. “A gente não sabe se vai ficar todo mundo, se os sérvios vão querer ficar. A gente tem mais um compromisso que é semana que vem contra o Flamengo e a gente tem que honrar com esse compromisso. Daí pra frente eu não consigo te dar nenhum caminho que a gente vai seguir”, explicou o jogador.

“Eu tenho muito orgulho de todo mundo que trabalhou nesse split, principalmente por não abandonar o barco. Acho que esse foi um sentimento que ficou, uma nobreza muito grande nesse time”, completa.

Takeshi está na Team oNe desde maio de 2018. Ele também está presente no cenário brasileiro de League of Legends desde 2011, com passagens em equipes como CNB, Keyd Stars e paiN Gaming.