A Falkol estreou na Superliga ABCDE 2019 com vitória em cima da KaBuM! por 2×1 e se classificou à Fase 2 da Upper Bracket, onde enfrenta a INTZ no próximo domingo (17).

Um dos destaques da série, o AD Carry Victor “Steal” Ruiz, conversou com o Mais Esports após a partida, onde comentou sobre a boa performance da equipe para vencer os Ninjas, além do Pentakill de Kai’Sa no terceiro jogo da série que rendeu um barão e a vitória para a Falkol.

“A sensação é muito boa, nunca tinha dado um Penta em campeonato, então fiquei muito feliz, levante e gritei ali, o Thulio ficou bravo porque tínhamos que fazer o Barão, até teve esse problema durante o jogo, mas a sensação é muito boa principalmente por ser em stage”, contou Steal.

Já sobre a vitória, o atirador declarou que os torcedores da Falkol podem esperar uma equipe vindo forte para a Superliga. “Estamos sempre treinando, sempre dando nosso máximo para mostrar nosso jogo no campeonato, então podem esperar muito de nós porque não vamos deixar a desejar.”

O próximo confronto dos Blues é contra a INTZ, equipe que é atual bicampeã do torneio e chega como uma das favoritas ao título. A última partida oficial dos intrépidos foi a final do 2º split do CBLoL, disputada em setembro. Sobre a incógnita que o adversário se tornou pelo longo período sem jogos, Steal não acredita que seja uma grande vantagem para eles: “Talvez, de certa forma, mas também temos a vantagem deles não terem jogado ainda, eles virão frios, como nós no primeiro jogo de hoje, cada um tem suas vantagens.”

A Falkol está em busca de uma performance melhor do que teve no último split do Circuito Desafiante. Nele, os Blues tiveram que jogar o Relegation para manter sua vaga na competição, e felizmente, foi o que aconteceu: vitória sobre a paiN Academy por 3×1.

Steal está confiante na performance da Falkol na Superliga 2019 (Foto: BBL)

Sobre a preparação para 2020 e o bom rendimento na estreia da Superliga, Steal acredita que a experiência no torneio na BBL será bastante positiva para a próxima temporada, na busca à vaga do CBLoL.

“Acredito que tudo que fizermos na Superliga será bom para o Circuito Desafiante, seja correção de erros, treinar e melhorar como equipe. Até os jogadores novos que chegaram, o Zen já teve uma passagem por aqui, mas o Rafa está trazendo muitas coisas novas, está nos ajudando em sermos um time mais completo, então aos poucos vamos melhorando para o próximo split, que é o foco total.”

A Falkol agora se prepara para enfrentar a INTZ, no próximo domingo (17). Uma vitória separa as duas equipes das séries Md5, lembrando ainda que este confronto ocorre na Fase 2 do Upper Bracket, ou seja, o perdedor não está eliminado da Superliga.

Os jogos de sábado e domingo começam a partir das 13h, e às sextas-feiras, às 18h.

Artigo anteriorCS:GO: Em duelo contra a ATK, DETONA é derrotada na ESL Pro League
Próximo artigoMundial de Free Fire supera 2 milhões de viewers
Wow, você chegou até aqui? Isso significa que a matéria ficou legalzinha pra ler até o fim (Ou era sobre seu jogo favorito/time do coração, e tudo bem também) Eu sou Vitor Ventura, sou jornalista formado pela Universidade Mackenzie e trabalho com Esports desde 2016. Eu jogo League since 2015, e outros joguinhos também. Tenho duas tatuagens no braço direito, uma do Zelda e outra do Final Fantasy VIII. Fã de JRPG, jogo desde os meus 3 anos de idade e gosto de dizer que trabalho com meu sonho: Escrevo, falo sobre e viajo por conta de "joguinho"!