- Publicidade -

Com boas performances na Cloud9 Academy, Jukes foi uma surpresa positiva para o Brasil em 2019. Tendo deixado a equipe norte-americana em dezembro, Jukes revelou em stream que seis times brasileiros buscaram contratá-lo, mas ele não deseja voltar ao competitivo.

Ao responder se havia saído da Cloud9 para um espectador, Jukes disse: “‘Não quer tentar competitivo no BR não Jukera’? Mano, duas horas depois que saí da Cloud9, seis times do Brasil falaram com meu manager. Mas não, quero voltar não”.

Confira o trecho no clipe abaixo:

Pela C9 Academy, o brasileiro atuou em 12 partidas, tendo vencido 10. Jukes também conquistou seus companheiros de equipe pela carisma e empenho nos treinos e nos confrontos oficiais.

No Brasil, Jukes já defendeu a Submarino Stars pelo qualificatório ao Circuito Desafiante. Em time formado por streamers, a equipe garantiu a classificação ao Circuitão mas se desfez logo após.

Jukes decidiu por retomar a carreira de streamer e vem dedicando seu tempo majoritariamente às streams e à criação de conteúdo.

Veja também: Coronavírus faz LCK suspender plateia por tempo indeterminado