Após a rodada de estreia da LCS, o AD Carry da Golden Guardians, Matthew “Deftly” Chen fez um comentário bastante inflamado sobre a nova campeã, Yuumi: “Ela é OP pra c*******, eu não acredito que a Riot Games tenha feito esse campeão!”. No último sábado (8), o game designer da publisher, Kevin “Captain Gameplay” Huang respondeu à uma publicação no Reddit que citava a fala do jogador, explicando como funciona o balanceamento de novos campeões.

Foto: Riot Games

“Ela é muito difícil de ser jogada, tanto individualmente, quanto (principalmente) em time. Nós sempre soubemos que, se for bem utilizada, ela era forte, e depois dos buffs de hotfix, nós acreditamos que ela tenha ficado hilariamente roubada. Mas no fim, o balanceamento do jogo deve refletir os jogadores de fato. Está tudo bem em lançar um campeão que tenha uma taxa de vitórias um pouco abaixo do que os outros porque os jogadores eventualmente melhoram. Mas não 30%.” Declarou Captain, ressaltando a winrate baixíssima de Yuumi no seu lançamento.

O Rioter também aproveitou para falar do futuro da campeã, e que, de certa forma, já podemos esperar por um “refinamento” de Yuumi: “Agora que os jogos profissionais começaram e as pessoas estão começando a entendê-la, nós podemos começar a retroceder os buffs e refinar a jogabilidade dela para se aproximar dos jogadores comuns x se distanciar da equipe profissional coordenada.”

Por fim, Captain afirmou que algumas regiões podem não ter compreendido a nova campeã ainda. “Na China ela não é tão prioritária assim. Com certeza vai levar um tempo para que ela esteja totalmente ajustada, mas vamos chegar lá.” Concluiu.

Yuumi esteve presente em 100% das partidas da primeira rodada da LCS, sendo escolhida ou banida. Por outro lado, em SoloQ, a taxa de vitória da suporte está em 46.71% até a publicação desta matéria.

Em Maio, um youtuber havia testado jogar de Jinx e Yuumi ao mesmo tempo. Confira o resultado.