Na última semana foi revelado que o Rapper Emicida seria o responsável por dar voz ao Ekko em sua nova skin, True Damage. Ekko terá uma customização lendária, onde fará parte de um grupo de Hip Hop que fará sua primeira apresentação na final do Mundial 2019. As falas do campeão acabaram “vazando” antes do anúncio oficial, e parte da comunidade acabou reagindo de forma bem negativa ao resultado. Confira o vídeo:

Assim como todo lançamento, várias pessoas adoraram a dublagem, principalmente pela representatividade do Rapper, mas outras reclamaram que o resultado não ficou bom, que a Riot deveria ter valorizado Marcelo Campos (dublador oficial do Ekko), entre outras reclamações. Nesta sexta-feira (8) a empresa postou um vídeo de Emicida anunciando a “novidade”, além de uma publicação explicando como foi o processo de dublagem.

A Rioter Natchy começou explicando que o material foi recebido no começo do ano e então a equipe percebeu que a dublagem seria diferente. “A proposta era ser quase uma DJ Sona (com música de fundo) com o Ekko cantando junto, ou seja, não seria uma skin que fala, seria uma skin que canta, então, no mundo ideal, precisaríamos de um músico”, comentou Natchy.

A equipe que cuida das músicas do CBLoL foi a responsável por ajudar a Riot BR nesta tarefa, então eles apresentaram opções de rappers, e logo na primeira reunião já foi decidido que Emicida era a melhor opção para o trabalho. “[…] além de caber perfeitamente na proposta e de ter alguma experiência com dublagem, ele tem um histórico com a Riot por ter sido parte do show de abertura da Final do CBLoL em Porto Alegre”.

Para ter certeza que tudo iria acontecer da melhor forma possível, a Riot convidou Marcelo Campos, dublador do Ekko, para ajudar nessa decisão e também dirigir todo o processo de dublagem. Diferente do trabalho normal de dublagem, onde o dublador possui um roteiro em mãos, com Emicida foi diferente. A música que ficará tocando no fundo da fala foi colocada em repetição enquanto ele fez todas as falas de improviso. “Tanto o diretor musical quanto o de dublagem amaram o trabalho e, sempre que preciso, deram o auxílio necessário pro Emicida chegar no tom desejado”, comentou a rioter.

Natchy também comentou sobre a reação da comunidade e salientou que a Riot acompanhou tudo de perto, recolhendo todo o feedback. “[…] prestamos bastante atenção no que era dito, mas com uma pequena ressalva: o pessoal tava reagindo à dublagem retirada dos arquivos do jogo sem a trilha sonora e sem contexto sobre a decisão”. Isso se refletiu na reação da comunidade agora, após o vídeo do rapper dublando Ekko com a música de fundo, ter recebido muitos elogios de pessoas que não haviam gostado antes.

“A dublagem ficou diferente porque ser diferente era o objetivo. Nós entendemos que isso pode causar estranhamento, mas o produto final ficou exatamente como esperávamos: uma dublagem musical que funciona com a música do jogo”, finalizou a publicação.

A final do Mundial 2019 acontecerá em Paris no dia 10 de novembro, data que o grupo True Damage fará apresentação na abertura do evento. A skin de Ekko será a única que se encaixará na categoria lendária, custando 1820 de RP.

Veja também: Quanto custariam as roupas da skin prestígio de Qiyana na vida real?