Após o título incontestável da LEC sobre a LCS no Rift Rivals 2019 no último sábado (29), o AD Carry da Origen, Patrik “Patrik” Jírů concedeu uma entrevista ao portal EsportsHeaven onde ele comentou sobre diversos assuntos, entre eles, a insistência do pick de Sona por parte das equipes norte-americanas.

Patrik em ação na LEC Foto: Riot Games

“Talvez eles tivessem uma pequena dependência e pensassem que é a única maneira de ganhar ou algo assim. Sinceramente, eu não tenho assistido muito a LCS, então não tenho certeza do quanto eles jogam. Penso que, se tiverem bons drafts em torno da Sona/Taric, podem ganhar jogos, mas se não conseguirem, podem ganhar 1 em cada 10 jogos sérios.” Afirmou Patrik.

Ainda segundo o jogador, a escolha é forte, desde que tenha um bom draft ao redor dela: “Eu acho que se você draftar bem em torno dele, o pick é inacreditavelmente quebrado. Se a Sona/Taric é boa, eles nem são tão punidos e depois escalam demais, então acho que é algo estúpido. Não há razão para estar no jogo, na minha opinião. Nem se encaixa no meta.”

Com mais um título de RR na conta, a LEC se prepara para retornar na próxima sexta (5). Os jogos começam às 13h, de Brasília e tem cobertura completa no Mais Esports.