Segundo apurou o Mais Esports, a paiN Gaming está liderando a disputa pelo top laner Felipe “Yang” Zhao contra a KabuM eSports. De acordo com as fontes, a transação pelo jogador seria uma das mais caras da história do cenário brasileiro.

A KabuM vem passando por uma reformulação onde vai se reconstruir ao redor de Filipe “Ranger” Brombilla e Matheus “dyNquedo” Rossini , ambos remanescentes da antiga line-up bicampeã do CBLoL. Já a paiN, campeã do Circuito Desafiante, busca reforçar ainda mais o seu elenco para o retorno à elite e ir em busca do terceiro título brasileiro. A equipe já conta com Marcelo “Ayel” Mello para a posição, porém não se sabe se ele irá deixar a organização ou dividir posição com o reforço.

Yang chegou à Vivo Keyd em novembro de 2016, quando o Exódia se separou após passagem vitoriosa pela INTZ. Porém, nestes mais de dois anos pelos Guerreiros, o top laner não conquistou grandes resultados, chegando a duas finais de CBLoL e perdendo ambas. Os únicos títulos conquistados foram do Rift Rivals 2017 e 2018, onde a equipe atuou ao lado de RED Canids e KaBuM, respectivamente.

Até a publicação desta matéria, a paiN não respondeu à reportagem. Já a Vivo Keyd afirma que não comenta especulações da janela de transferências. A Kabum afirmou que “a negociação de jogadores durante a transição de split é uma prática bastante comum entre as organizações”, e também disse que “no momento, vários profissionais estão sendo avaliados”.