A RED Canids Kalunga está disputando seu segundo split no Circuito Desafiante. Após ser surpreendida na semifinal pela Team One, a Matilha não quer cometer os mesmos erros novamente para, enfim, retornar ao CBLoL em 2020.

O Mais Esports conversou com exclusividade com o Head Coach Jean-Francois “Nuddle” Caron sobre as lições aprendidas do 1º Split do Circuitão, o que a equipe está fazendo de diferente para sair vitoriosa na segunda etapa do torneio, além da grande novidade na lineup, a chegada de Alexandre “Titan” Lima, com quem o treinador já trabalhou em seus tempos de KaBuM.

Mais Esports: Como foi lidar com a derrota para a Team One na semifinal do 1º Split?

Nuddle: Na hora foi difícil. Eu odeio perder, esse é o tipo de pessoa que eu sou e tenho muitos jogadores que são assim também. Mas no fim tivemos que fazer algumas mudanças, nós trouxemos o Cabu (Xabula) de volta para ficar o tempo todo com o time, estamos fazendo de tudo para colocar energia nele, também decidimos fazer uma mudança no ADC. Nós trouxemos o Titan, que é um jogador completamente diferente do Sacy em termos de energia e contribuição ao time, então espero que a energia dele, que eu conheci quando trabalhei com ele um tempo atrás, nos leve a chegar a outro patamar como equipe.

ME: Você já trabalhou com o Titan na KaBuM. Como está sendo trabalhar com ele de novo, agora na RED? Você sente que ele está mais maduro?

N: Quando tomamos a decisão de ir atrás do Titan, eu sei que quando você muda um jogador, você tem novos problemas e novas soluções. O que eu esperava no caso do Titan era que as soluções que ele traria, em termos de chamadas, energia, gameplay… Seria muito mais positivas que os problemas que ele teve no passado. Claro que ele ainda é muito novo, se não estou enganado ele ainda tem 18 anos, o que significa que, no sentido de maturidade, que era o maior problema dele, ele melhorou muito. Há muito o que fazer ainda, mas são os passos que todos devemos tomar na carreira e na vida como um todo. Então, estou confiante que ele está indo na direção certa, sua ética de trabalho está muito melhor do que antes, e por conta disso estou confiante de que ele realmente será o jogador que irá se destacar nessa equipe.

ME: O que a RED errou no 1º Split e precisa corrigir para o 2º?

N: Acho que é muito difícil dizer, porque, no jogo como um todo, fizemos grandes progressos em direções específicas, mas em outras que são muito importantes para o jogo, não progredimos tanto quanto deveríamos. Agora é nisso que estamos trabalhando. Os problemas que tivemos no split passado ainda estão muito presentes, mas o Titan está trazendo todo um conhecimento e percepção diferentes do jogo, ele é um jogador muito vocal e está nos ajudando muito a irmos a outras direções. Em termos de, bom, dos nosso erros do split passado, muitos deles aconteciam no palco, porque no Circuito Desafiante quatro dos seis times chegam aos playoffs, o que significa que não é tão difícil chegar lá se você tiver uma performance estável, mas no fim tudo se resume a um dia. Se você falhar neste único dia você é eliminado, então no momento estamos fazendo de tudo para não falharmos quando este dia chegar.

ME: Muitos times do CBLoL falaram da ProGaming, que eles são favoritos nesse split do Circuito Desafiante. Baseado nos treinos, como você vê o nível deles?

N: Eu acredito que a ProGaming é a favorita. Eu já falei sobre isso com meu time e com outras pessoas antes. Para mim eles são os favoritos para vencer esse split, e a PRG, na minha opinião, jogou muito abaixo do esperado no split passado no CBLoL. Por alguma razão eles não conseguiram levar sua performance para o palco, mas agora, falando diretamente, eles têm o Yampi, que para mim é um jogador que consegue encontrar maneiras de realmente impactar naquele time. Quando ele estava na CNB que, sejamos honestos, era de longe a equipe favorita a ser rebaixada e eles conseguiram chegar nos playoffs, ele tem sua própria maneira de jogar o jogo, e se ele continuar assim eu acredito que todos os outros jogadores vão segui-lo, e na Top Lane ele é um jogador muito sólido onde ele consegue facilmente carregar assim como ele fez na Semana 1, onde ele conseguiu um MVP e foi um dos jogadores mais espetaculares da primeira rodada do Circuitão.

ME: Como você vê o favoritismo da RED Canids, e como você faz para que isso não atrapalhe os jogadores?

N: Honestamente, nós não nos consideramos favoritos. Nós tivemos nossos problemas, estamos tentando resolvê-los e é isso, basicamente. Não estamos focando no resultado final, porque ele será resultado de um processo. Tudo que fizermos durante o split vai nos levar até lá, e espero que quando chegarmos lá, estaremos prontos como um time para encarar qualquer um, mas quando você olha para o CD, acredito que a PRG esteja acima dos demais no momento, mas todos os outros estão batendo de frente, vimos até a Rensga Gaming quase vencendo a Havan no primeiro dia do split. Para mim, o meio da tabela vai ser muito disputado e por isso todos os jogos vão ser muito importantes, porque pode ser que uma ou duas vitórias decida quem vai para os playoffs e quem não vai.

A RED Canids Kalunga se encontra empatada na liderança do Circuitão com a ProGaming, ambos com três vitórias. Nesta terça-feira (18), a Matilha enfrenta a Havan Liberty, no último jogo da noite.