O caçador da Hanwha Life Kim “Moojin” Moo-jin pagará 15 milhões de Won Coreano (aproximadamente U$D 12.800) e realizará 48 horas de serviço público após ameaçar uma fã de morte. As punições foram realizadas pela própria equipe do sul-coreano.

Apurado pelo Inven Global, uma série de prints publicados no Twitter mostram o jogador de 21 anos conversando com uma fã. Lá, Moojin a ameaça de morte, diz que cortará seu cabelo e fez piadas com violências em relacionamento.

“Eu vou te matar. Cortar seu cabelo. Você sabe o que é “date violence”, certo? Ouvi que isso acontece muito em Busan. Quer que isso aconteça em Guri?”, revelou uma das torcedoras na rede social.

A repórter coreana Gatamchun traduziu, para o inglês, outra sequência de prints em que o jogador afirma ter evidências de agressões com outras mulheres. O bicampeão da LMS escreveu uma carta à mão, onde pede desculpas.

A Hanwha Life afirma que irá evitar que isso volte a acontecer, “educando os jogadores e melhorando o processo de gerenciamento da equipe”. A Riot Games, desenvolvedora do LoL, ainda não se pronunciou sobre o caso.