- Publicidade -

O primeiro split do CBLoL 2020 contará com uma ‘nova equipe’. Em parceria com a FURIA, a já conhecida Uppercut passará a ser chamada FURIA Uppercut na primeira etapa da competição. A equipe, que mudou poucas peças desde o segundo split de 2019, almeja o título dessa edição.

“Eu estou muito ansioso [para o início do CBLoL]. Nossa expectativa é ganhar, nós temos estreado sempre bem no CBLoL e acho que não vai ser diferente dessa vez”, declarou Alternative que enfrentará a KaBuM nesse próximo sábado (25).

Com a FURIA fora do centro das atenções, Alternative está tranquilo quanto a isso. O atirador diz não se importar com o hype ou a falta do mesmo.

“Sinceramente, não ligo muito para isso. A opinião do público, quase sempre, está de alguma forma errada. E eles não têm informação de dentro dos treinos e acho que há sempre uma opinião errada sobre alguns jogadores”.

Rosto nova da FURIA, Minerva está passando por um processo de adaptação na equipe, que afirmou “não estar sendo fácil, mas está boa”. Ao lado do seu amigo de longa data Anyyy, Minerva crê que poderão ser uma dupla forte no CBLoL, mas precisam quebrar barreiras antes disso.

“Para mim foi um pouco difícil ter essa dinâmica de estar jogando sério junto com ele. Às vezes eu queria brincar com ele durante o treino. Ele errou, eu fazer piada. Eu errei, fazer piada, mas não podia. Mas isso está sendo novo para mim, agora que estou me adaptando a ter essa dinâmica, a melhorar nossa sinergia que nós temos, porque nos damos muito bem, porém, dentro de jogo é muito diferente mas temos tudo para ser o melhor mid-jungle do CBLoL”, afirmou o caçador.

Rumo à estreia contra a KaBuM, Minerva também está confiante que a FURIA irá sair com a vitória na partida tendo uma boa performance e apontou os times que ele vê chegando forte nessa primeira etapa.

“Nossas expectativas estão totalmente positivas. Nós somos capazes, nosso time é um time muito bom e em relação ao decorrer do campeonato, também acho que temos chances de levar esse título e confiar e buscar isso”.

“Obviamente eu não vou falar [os melhores times] baseado em treino, até porque eu tenho ética, diferente de… (risos), isso não é muito legal. Logicamente, a paiN vem como favorito, em seguida eu escolheria o Flamengo pro top 2 e a Keyd, posso estar muito enganado, no top 3… ou a INTZ. E a gente no top 4”, listou.

Anyyy também conversou com o Mais Esports e deixou sua opinião sobre a vinda de diversos jogadores coreanos para o cenário brasileiro.

“Eu acho que contratação de fora sempre vai ser muito bom para o cenário. São jogadores que vêm de outra cultura, eles trazem coisas novas, até no estilo de treinamento deles. Com certeza eles irão fazer o nível do nosso cenário subir”.

Veja também: Valorizando a agressividade, Yampi diz: “Somos a G2 brasileira”