A INTZ se classificou aos playoffs do CBLoL ao vencer a paiN Gaming no confronto direto, no último sábado (10). O AD Carry dos intrépidos, Micael “Micao” Rodrigues conversou com o Mais Esports, e comentou sobre o desempenho da equipe em momentos decisivos, o confronto com a KaBuM e a “nova/velha” casa do jogador.

O que acontece com a INTZ? Você chegou no time agora, já conhecia alguns jogadores e já tinha trabalho com o Maestro. Mas essa lineup, em momentos chave, joga de uma maneira que não joga em momentos menos importantes. O que você acha disso?

Não sei exatamente o que é, mas o diferencial que talvez tenhamos é que lidamos bem com pressão. Estávamos num momento de grande pressão, só que, como todos lidam bem, estão acostumados, é como se tivéssemos uma vantagem, no caso que quando nós estamos pressionados e o outro time também está, nós jogamos melhor.

Fora isso, nós só nos achamos ingame. Descobrimos como gostamos de jogar, vimos outras coisas de estratégia que mudamos e estamos mais unidos mentalmente, que antes eu tinha algumas ideias do que fazer, os outros tinham outras ideias, e agora pegamos o lado bom de cada um. Pegamos as minhas boas ideias, as boas deles e agora temos várias boas ideias.

Se pegarmos todo o exódia, a lineup que você mais fez história, só você está nos playoffs do CBLoL, fora que você acabou de eliminar o Yang. Como é isso para você?

Eu fiquei um pouco triste por ele não estar nos playoffs comigo. O Yang é um grande amigo para mim, eu queria muito que ele também estivesse, mas infelizmente tinha que ser um dos dois e antes eu, claro. Mas eu fico triste de tirar dele.

E sobre ser o único de do exódia a estar no playoff… Tem um significado para mim. Antes eu diria que não, mas hoje em dia… Acho que naquela época, eu me sentia um pouco inferior ao resto, eu me sentia abaixo dos outros, meio que o que a comunidade falava, que eu era o ponto fraco do time, e basicamente com muito trabalho, continuei me esforçando ao máximo ao longo desses anos, independente do que acontecesse, e acho que está se pagando, continuo no alto nível e meu auge está está por vir.

O pessoal pegava muito no seu pé, e do Jockster também. Você acha que, você ser o único, ser o cara que quando está jogando mais no alto nível, você está se provando para si mesmo e até para o público?

Acho que sim, aumenta minha confiança no sentido de que, quando estão todos falando a mesma coisa que “o Micao é o ponto fraco daquele time” ou “o AD não é tão bom”, mesmo que naquela época eu não acreditasse, eu olhava os jogos e achava que não via os jogos direito, mas aí começa a entrar na sua cabeça, é a mesma narrativa se repetindo, e acho que eu estar aqui agora, no playoff, jogando em alto nível, prova mais para mim mesmo.

Não ligo de provar para os outros, isso é consequência, não tem muito o que eu possa fazer… Mas fico feliz de provar para mim que estou em alto nível e estou contente com isso, claro, não quero dizer isso no sentido de que fico feliz que eles estejam fora. Todos são ótimos jogadores e logo eles estão de volta no CBLoL e indo para o playoff. Mas, por mim, eu fico feliz em estar em boa fase.

Micao é o único ex-Exodia a disputar o mata-mata do CBLoL Foto: Riot Games

É a segunda vez que você está trabalho com o Maestro, mas agora ele é Head Coach. Ele é quem comanda, esta no stage… E desde que o Maestro está nessa posição ele nunca perdeu uma Md5. Você está animado para jogar Md5 com ele agora?

Espero que a gente não quebre essa tradição. Maestro é um cara que eu respeito muito, acho que desde a época que eu saí, em 2017, ele evoluiu bastante, agora ele é o cara, o Head Coach mesmo e antes ele era o assistente do Peter, mas acho que ele está fazendo um trabalho excepcional com o time, ele entende muito bem os jogadores que ele tem, é uma peça fundamental. Espero poder representar e manter esse 100%.

Vocês estão 2×1 contra a KaBuM, e só vocês e o Flamengo tem um resultado positivo contra eles, e vocês enfrentam a KBM na Semifinal. Você acha que a INTZ conseguiu entender melhor o jogo da KaBuM do que outros time? Por que você acha que vocês tiveram um resultado tão bom contra eles?

Um pouco vem da nossa inconstancia. Não é nem questão de troca de jogador. Nós trocamos um pouco, jogamos com o Aoshi, com o Mills alguns jogos e acabava que… Não acho que esse era o problema, era que nós não estávamos nos achando estrategicamente, discordamos independente de quem estivesse jogando, e isso fez com que perdêssemos alguns jogos para times teoricamente mais fracos, e contra a KaBuM só tivemos jogos bons, não foi nada de estilo que somos bons contra eles, especificamente. Teve aquele de Vlad que o Tay ficou feedadásso, e o primeiro que ficamos atrás e encaixamos fights muito boas e viramos o jogo, foram só partidas boas da nossa parte, nada específico contra a KaBuM.

Você está com saudade de jogar playoff?

Muita saudade… Primeiro playoff do ano, estou muito animado. Estava brincando mais cedo que eu iria entrar em depressão de perdêssemos hoje porque o ano iria acabar praticamente e vim para cá com objetivo em mente de ir para o Mundial, representar o Brasil lá fora. Estou dando meu sangue, não de agora, faz alguns anos já. Desde que comecei a jogar, mas desde 2016 estou tentando voltar a representar o Brasil internacionalmente, e acho que estou num nível bom agora e estou animado. Claro, pés no chão, não somos favoritos, mas eu estou trabalhando muito, o time está trabalhando muito, então temos chances.

Comparando agora com o Micao da Keyd, você se sente mais leve jogando na INTZ?

Eu não sei o que é, mas eu me sinto jogando mais leve jogando na INTZ, por algum motivo. Acho que os players que eu conheço desde 2017, acho que eles me respeitam mais aos outros players da Keyd que eram todos do mesmo nível. Já tinha essa história que estávamos muito calejados um do outro, agora eu acho que tenho um respeito maior dos outros jogadores e me sinto muito confortável.

Quando voltei agora, é outra GH, é tudo diferente… Mas me sinto em casa, por serem os mesmos donos, mesmas pessoas que já conhecia, e mesmos pessoas novas, só de ver o escudo da INTZ eu já vejo que é meu amigo. Não sei, tenho algo com a INTZ.

A Semifinal contra a KaBuM está marcada para o dia 25 de agosto, domingo. Um dia antes, no sábado, Flamengo e Uppercut decidem a primeira vaga na Grande Final do CBLoL.