Pedro “Lep” Marcari está buscando por novas oportunidades no cenário competitivo de League of Legends. Topo da RED Canids nos últimos dois anos, o jogador está livre para receber propostas, já que seu contrato chegou ao fim nessa segunda-feira (18) e não houve renovação com a Matilha.

No anúncio, Lep cita sua experiência no competitivo e diz que pode atuar como “coach, analista, posicional coach, streamer, host ou figura pública”.

Lep chegou à RED Canids em novembro de 2017, após passar mais de um ano na CNB. Na RED, não conquistou nenhum título. Foi ao lado da Matilha, inclusive, que o jogador foi rebaixado ao Circuito Desafiante no segundo split de 2018. Em 2019, a equipe não conseguiu voltar à elite.

Presente no cenário competitivo desde o início, Lep teve seu auge na carreira pela KaBuM. Em 2014, foi campeão do Liga Brasileira, que conta como CBLoL, e se classificou ao Mundial daquele ano. A equipe ficou na 14°/16° colocação no torneio internacional.

Em 2016, Lep bateu na porta de mais um título brasileiro. No segundo split, com a CNB, o jogador viu a INTZ levar o troféu ao derrotar os Blumers por 3×1.