- Publicidade -

A KaBuM conquistou sua primeira vitória no CBLoL no último fim de semana, ao bater a paiN Gaming no sábado (8). Os Ninjas chegaram perto do 2-0 que os tirariam da última colocação, mas acabaram sendo derrotados pelo Flamengo, no dia seguinte.

Após a última semana de disputa, o Mais Esports conversou com o treinador da KaBuM, Kake, que comentou sobre a “estreia” de sua equipe no CBLoL, a nova postura e a nova comissão técnica do time.

De início, o coach define o último fim de semana não só como recuperação da KaBuM, mas também o início da caminhada na temporada. Segundo ele, os Ninjas começaram a mostrar seu verdadeiro jogo.

Apesar do 2-0 ter batido na trave, Kake afirma que tentar não perceber a sensação de “querer mais”, mas afirma que, para esta rodada, foi o suficiente. “Eu tento o máximo não sentir isso para não passar para os jogadores, mas fica o sentimento de que foi suficiente. Sempre temos que ficar com o pensamento de que foi o bastante para hoje e fazer melhor do que ontem.”

Sobre a “estreia” da KaBuM, o treinador explica que o bom rendimento é por conta da coaching staff maior: “Estamos com fisioterapeuta, tradutora, preparador físico, mais uma psicóloga, e começamos a fazer um trabalho mais puxado para o mental, o outgame, e tem surtido efeito. Vamos manter o trabalho, agora conseguimos assistir os jogos e ver o que erramos como time e nas próximas semanas vamos voltar muito mais fortes.”

Kake também deu a receita de como manter o bom momento da equipe: “Estamos todos com mais confiança e estamos nos sentindo em casa no stage. A Vivo Keyd está passando por um processo parecido, eu sinto. Ao nosso ver, ele é um dos melhores time que enfrentamos nos treinos, em tese, eles são nossos grandes adversários.”

Kake afirma que a equipe está mais confiante e promete ainda mais força nas próximas rodadas (Foto: Riot Games)

Assim que o CBLoL retornar, no próximo dia 29, a KaBuM enfrenta a VK no sábado e a Fúria, no domingo. O confronto contra a “antiga Uppercut”, inclusive, marca a abertura do segundo turno da Fase Regular. Kake novamente assume o erro cometido no draft na abertura do CBLoL 2020 e afirma: “Eu não costumo errar duas vezes. Nossa próxima partida será uma vingança.”

O Mais Esports tem produzido, semanalmente (toda segunda-feira), uma matéria mostrando os cinco jogadores melhores colocados na Fila Ranqueada brasileira. Há cerca de duas semanas, o caçador sul-coreano, Wiz, assumiu a ponta e não largou mais. Quanto ao sucesso de seu jogador, Kake conta que ele é extremamente dedicado.

“Ele tem uma tatuagem no braço que diz “hardwork” (trabalho duro) em coreano. Sempre que eu sinto que ele está mais cansado, eu aponto para ela para ele lembrar disso e ele volta a treinar forte. Ele joga e se dedica bastante.”

Jungler da KaBuM, Wiz, é atual líder da SoloQ brasileira (Foto: Riot Games)

Ele também lembrou de uma aposta que fez com o atleta: “Eu to devendo um valor para ele que eu prometi, caso ele pegasse o Top1. Ele tá me cobrando já, é um valor muito alto”, finaliza.

Como dito anteriormente, o CBLoL volta somente no próximo dia 29, por conta das chuvas que atingiram a cidade de São Paulo na madrugada da última segunda (10). A região onde se encontram os estúdios do campeonato, além de onde também são feitas as transmissões do Circuito Desafiante e Depois do Nexus, foi uma das mais afetadas.

A Riot Games já comunicou que se utilizará de um espaço temporário para a realização das transmissões até o estúdio na Zona Oeste estar totalmente recuperado.

Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL no Mais Esports.

Veja também: Yang comenta derrota “inaceitável” para KaBuM e revela discurso de brTT antes de partida contra PRG